Viagem romântica de Coimbra a Paris à boleia do Algarve

Passatempo «Voo do Amor» da TAP levou cinco casais a Paris, no Dia de São Valentim. O «barlavento» enquanto parceiro oficial também embarcou.

O destino tem destas coisas. Um caso de amor fora do convencional vindo de Coimbra, distinguiu-se entre as duas dezenas de romances que chegaram à redação do «barlavento». A TAP deu o parecer final e foi assim que Joana Bento e Fábio Violante, casal de Coimbra com família a residir no Algarve, foram conhecer a capital francesa.

Quando submeteu a narrativa, Joana não tinha quaisquer «esperanças» de ganhar. E fê-lo à revelia do companheiro. Escreveu: «Ainda não fomos a Paris, mas espero que esteja para breve. É só o que falta para tornar esta história ainda mais romântica: dar ao meu marido e eterno namorado a notícia de que vai ser papá, no cimo da Torre Eiffel». Ora, que assim fosse, então.

«Ela não me disse que ia participar. E quando soube que tinha sido selecionada, disse-me apenas que íamos a Paris. Pensei que seria uma viagem de trabalho, pois a empresa onde trabalhamos é francesa», disse Fábio Violante. O casal está ligado ao marketing digital e partilham a vida profissional.

«Estamos juntos 24 horas por dia», revela Fábio. É difícil lidar com isso? «Não!», responde Joana, afirmando que «é a melhor forma de ver que encaixamos bem». Curiosamente, ou talvez não, foi através no mundo virtual que se conheceram, pela aplicação Tinder, e acabaram por casar.

Na manhã do Dia de São Valentim, 14 de fevereiro, o grupo que se encontrou no aeroporto de Lisboa era grande. Já dentro da aeronave, o Airbus A319 «Antero de Quental», o comandante anunciou: «senhores passageiros, bem-vindos a bordo do voo do amor TP442 com destino a Paris». Os casais viajaram na classe executiva com direito a uma refeição especial: carnes frias e salada de cogumelos salteados, regado com vinho «Sexy» e à sobremesa bolo em forma de coração e fruta.

Em Paris, a comitiva foi recebida por Isabelle Pereira, funcionária da TAP, que acabou por ser a «guia». A primeira paragem foi no Hotel Renoir, no bairro parisiense de Montparnasse. Check-ins feitos e bagagens arrumadas, chegou a hora de jantar nos Vedettes de Paris, Rio Sena adentro, com vista privilegiada para a Torre Eiffel.

Ao lado estava ancorado o barco onde seria feito um cruzeiro pelo Sena. Na volta para o hotel, os casais foram brindados com nova surpresa – um tour noturno pelos principais pontos da cidade. O casal explicou que «se não fosse esta experiência», o dia dos namorados «seria provavelmente passado em casa, devido ao trabalho».

A TAP decidiu que a localização geográfica dos participantes no passatempo não contava como critério de escolha. Mas apesar de viver em Coimbra, o Algarve é especial para Fábio, pois os pais residem e trabalham em Quarteira e Albufeira, respetivamente. As viagens rumo ao sul são por isso muito frequentes.

Ouvida pelo «barlavento», Marisa Nunes Ferreira, da comunicação corporativa da TAP Air Portugal, manifestou-se «muito feliz» com a forma como tudo correu. «Quisemos tornar este dia especial para estes casais, preparámos tudo para que tivessem uma experiência inesquecível. Com estas iniciativa, a TAP cumpre o seu propósito de proporcionar encontros e momentos especiais e prova que é a parceira ideal para estas viagens memoráveis». Os restantes parceiros desta iniciativa foram o Açoriano Oriental, o Diário de Notícias Madeira, o Jornal de Notícias e o Programa da Cristina (SIC).

Categorias
Regional
Últimas


Relacionado com: