Lagoa recebe o 8º Congresso das Cidades Educadoras Portuguesas

Lagoa vai receber o 8º Congresso das Cidades Educadoras Portuguesas, que reúne nesta cidade algarvia políticos, técnicos e académicos, entre 15 e 18 de maio de 2019, no Centro...

Lagoa vai receber o 8º Congresso das Cidades Educadoras Portuguesas, que reúne nesta cidade algarvia políticos, técnicos e académicos, entre 15 e 18 de maio de 2019, no Centro de Congressos do Arade.

Das quase oito dezenas de cidades educadoras portuguesas, cerca de cinquenta já confirmaram que vão participar e apresentar no Congresso de Lagoa as suas experiências educadoras.

Paralelamente, também já estão confirmadas cerca de uma dezena de comunicações provenientes de várias universidades portuguesas, com total representação das Instituições de Ensino Superior presentes no Algarve, nomeadamente Universidade do Algarve (UAlg), a Universidade Aberta UA), o Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes (ISMAT), às quais se junta também a Universidade de Évora.

Outra novidade desta edição é a participação especial de um grupo alargado de jovens oriundos de todo o país, convidados pelos vários municípios educadores. Serão cerca de 40 jovens, para serem desafiados a construir, em conjunto, propostas concretizadoras da Cidade Educadora nos concelhos onde habitam.

As duas mesas de autarcas, previstas para os dias 15 e 17 de maio, vão promover o debate entre responsáveis políticos de várias cidades educadoras portuguesas, e serão moderadas por dois jornalistas.

Entre os vários conferencistas de renome, já confirmados, destacam-se Carlos Fortuna, doutorado em sociologia e professor catedrático da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, bem como Investigador Permanente do Centro de Estudos Sociais; Jacqueline Moll, doutorada em Educação, e professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul no Brasil e Paulo Dias, doutorado em Educação, professor catedrático e reitor da Universidade Aberta.

Categorias
Regional


Relacionado com: