Loulé vai debater os «Horizontes do Futuro» da Inteligência Artificial

O convidado para esta edição do ciclo de conferências «Horizontes do Futuro» é o investigador Luís Moniz Pereira.

Luís Moniz Pereira, o investigador português com mais publicações científicas e projetos de Inteligência Artificial, ao longo de 40 anos, é o próximo convidado do Ciclo de Conferências «Horizontes do Futuro», no dia 21 de fevereiro, às 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Loulé. Este investigador traz um tema bem atual – a Inteligência Artificial – numa apresentação denominada «Moral para Máquinas & a Maquinaria da Moral».

Engenheiro Eletrotécnico pelo Instituto Superior Técnico, doutorou-se em Cibernética, em 1974, pela Universidade Brunel, foi Research Fellow na Universidade de Edimburgo, e obteve, em 1980, a Agregação em Inteligência Artificial pela Universidade Nova de Lisboa. É Doutor honoris causa pela Universidade de Dresden.

«Estamos numa encruzilhada entre a Inteligência Artificial, a Ética para Máquinas, e os seus impactos sociais. Publiquei em 2016 Programming Machine Ethics, um livro de incursões nessa terra incógnita. Nele emprego Logic Programming e Evolutionary Game Theory, e endereço dois reinos morais: o cognitivo e o populacional», refere o investigador.

Explica ainda que nesta palestra vai «abordar a problemática da Ética para Máquinas e algumas das suas questões salientes para a sociedade, nomeadamente quanto à filosofia moral, jurisprudência e regulamentação, desenho de agentes morais autónomos, ensino e aprendizagem da moral, software eticamente seguro e aplicações».

Considerado um dos fundadores da Programação em Lógica, Luís Moniz Pereira fundou e presidiu a Associação Portuguesa Para a Inteligência Artificial. Foi Prémio Ciência da Fundação Gulbenkian, em 1984, Prémio Boa Esperança, em 1994, e Prémio Estímulo à Ciência, em 2005. É Fellow eleito do Comité Coordenador Europeu para a Inteligência Artificial.

Presentemente é professor catedrático de Informática, aposentado desde os 60 anos, investigador em Inteligência Artificial do «NOVA Laboratory for Computer Science and Informatics» da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, e membro do conselho científico do IMDEA-Software, Madrid.

Publicou centenas de artigos e desenvolveu ferramentas de software, tendo lecionado Inteligência Artificial e Ciências Cognitivas. Doutorou 19 investigadores. Foi também consultor internacional em projetos de investigação da Apple, DEC, Westinghouse, World Health Organization.

As suas áreas de investigação atuais centram-se no Raciocínio Computacional, Teoria Evolucionária dos Jogos, Moral das Máquinas e Ciências Cognitivas.

Categorias
Ciência


Relacionado com: