São Brás de Alportel «disponível» para receber Unidade de Cuidados Continuados

O presidente da Câmara Municipal de São Brás defende também a transferência de competências, na área da saúde, do Estado para as autarquias.

O presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Vítor Guerreiro, defendeu ontem, segunda-feira, 9 de abril, a criação de uma Unidade de Cuidados Continuados no concelho, durante a sua intervenção no Encontro Regional de Cuidados Continuados num contexto integrado.
O encontro, promovido pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, decorreu no Museu do Traje, em São Brás de Alportel, e acolheu centenas de profissionais de saúde, dedicados à área dos cuidados continuados.

Durante o painel «O papel das autarquias na articulação e integração dos cuidados de saúde na comunidade», o edil de São Brás de Alportel sublinhou a disponibilidade do município para apoiar o acolhimento de uma Unidade de Cuidados Continuados naquele concelho.

«É preciso sentir a realidade e ter uma atitude proativa para resolver as situações» afirmou Vítor Guerreiro, enaltecendo o trabalho na área social e de promoção da saúde realizado no concelho, «que resulta das boas práticas de trabalho em rede, em proximidade, e em parceria».

«Os projetos de promoção da saúde desenvolvidos em parceria pela Unidade de Cuidados Continuados – Alportellus de São Brás de Alportel, com a Câmara Municipal, a Junta de Freguesia, a Santa Casa da Misericórdia e as Instituições Particulares de Solidariedade Social do Concelho são bom exemplo disso».

Defensor da transferência de competências na área da saúde do Estado para as autarquias, dado ser onde se trabalha próximo das comunidades com real conhecimento das necessidades das populações, o autarca explicou que o município de São Brás de Alportel «está disponível para aceitar responsabilidades nesta matéria mas que aguarda que a proposta de transferência de competências seja acompanhada da verba necessária».

O painel contou ainda com a participação da Coordenadora da Unidade de Cuidados Continuados – Alportellus, Enfermeira Cidália Palma, que apresentou os vários projetos desenvolvidos em parceria e com o apoio do município sambrasense.

Os rastreios visuais infantis, o protocolo que vai permitir a criação de um gabinete de medicina dentária no Centro de Saúde de São Brás de Alportel, as obras de manutenção do edifício desse mesmo Centro de Saúde, a Unidade Móvel de Saúde e o projeto «Mais Viver, mais Aprender», que procura combater a solidão e a promoção do envelhecimento ativo junto dos seniores, são exemplos «deste trabalho de parceria, na missão comum de promover a saúde e o bem-estar da comunidade».

O papel das diversas estruturas, que compõem a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados do Algarve, na implementação de estratégias comuns de proximidade e centrado nas necessidades das pessoas, no âmbito da prestação de cuidados de saúde na comunidade, num contexto integrado, e os atuais desafios para cuidadores formais e informais, foram alguns dos temas abordados neste encontro.

Categorias
Destaque


Relacionado com: