Centro de Ténis de Faro inaugurou primeiro campo de Padbol do Algarve

O Padbol é a mais recente aposta do Centro de Ténis de Faro. Um investimento de mais de 12 mil euros no único campo a sul do Tejo. Até ao final do mês de janeiro é possível experimentar a modalidade de forma gratuita.

Criado há apenas dois anos, o Padbol teve origem na Argentina e chegou a Portugal há pouco mais de um ano. O responsável pela «importação» do desporto foi Jorge Amaral, 61 anos, antigo jogador do Louletano, Farense, Benfica, Porto, Marítimo e Vitória de Setúbal, entre outros.  Amaral comprou os direitos e a tutela sobre a modalidade e é atualmente o presidente da Associação Portuguesa de Padbol. Explicou ao «barlavento» que este desporto já está implementado em 14 países.

«Este é o primeiro campo no Algarve, mas já existem outros: um em Lisboa e quatro no Porto. Atualmente existem quatro equipas a nível nacional, e as perspetivas de crescimento são boas». José Nunes, 61 anos, presidente do Centro de Ténis de Faro há 32 anos, viu no Padbol uma oportunidade imperdível: «hoje é um dia importante para o clube e região, porque damos um passo na introdução de uma nova modalidade desportiva, além das três que já oferecíamos: o ténis, o futebol e o padel. O padbol é um complemento», disse.

O dirigente descreve este recém-criado desporto como «um misto de três modalidades: o futebol, porque é jogado com os pés e cabeça; o voleibol, porque permite apenas efetuar três toques; e o ténis devido à rede no meio do campo e a bola ter de circular de um lado para o outro. É jogado com um género de bola de futebol em três sets, e «um bom jogo nunca dura menos de uma hora e meia».

Pode ser jogado tanto por homens como mulheres e não há um limite de idades. Relativamente ao investimento garante: «acreditamos que rapidamente será recuperado, pois contamos com uma grande adesão», sublinhou. O campo do Padbol possui as dimensões de dez metros por seis, com vidros em redor, uma rede no meio e é jogado por equipas de dois jogadores. Um jogo cuja principal finalidade é «testar e melhorar os níveis de concentração, destreza e habilidade pois têm de conseguir dominar a bola e colocá-la num sítio em que o adversário não chegue».

No futuro, Nunes pretende fomentar torneios locais, campeonatos regionais, e se possível, ter equipas para representar o clube num campeonato nacional, e quiçá, num mundial. O campeonato nacional será disputado no verão e o campeonato do mundo em 2017 realizar-se-á na Roménia.

O Centro de Ténis de Faro permite o aluguer do material e espaço para a prática, mas durante o mês de janeiro a utilização do campo será totalmente gratuita.

<h3>32 anos de história desportiva</h3>

A história do Centro de Ténis de Faro começa em 1984. «O padel chegou há nove anos e o futebol há dois. Agora temos também o padbol. Começámos com 20 atletas e, neste momento, temos 300 em todas as modalidades, dos três aos 81 anos (idade do sócio mais velho). Temos cerca de 10 equipas no ténis e, em 2016, fomos inclusive vice-campeões nacionais da 1ª divisão do campeonato da Federação Portuguesa de Ténis».

A instituição possui atualmente seis campos de ténis, cinco de padel, um de futebol e um de padbol, um clubhouse, bar, balneários e uma loja desportiva, nas Gambelas, próximo do campus da Universidade do Algarve. Estiveram ainda presentes na inauguração do novo campo de padbol o vereador Paulo Santos, o presidente da Junta de Freguesia de Montenegro Steven Sousa Piedade, o mister André Ferin, entre outras personalidades e convidados.

 

Categorias
Desporto
Últimas


Relacionado com: