António Folha: «Jogámos mal e não merecemos outro resultado»

No final da partida desta sexta-feira, 29 de março, que colocou frente a frente Portimonense e Moreirense, Ivo Vieira, técnico dos minhotos, considerou a vitória da sua equipa «incontestável»....

No final da partida desta sexta-feira, 29 de março, que colocou frente a frente Portimonense e Moreirense, Ivo Vieira, técnico dos minhotos, considerou a vitória da sua equipa «incontestável».

Agradecendo aos «adeptos incansáveis que fizeram uma viagem de muitos quilómetros», o técnico madeirense do Moreirense elogiou também o relvado «fantástico» do Portimão Estádio. A equipa de Moreira de Cónegos sabia «que este ia ser um jogo muito complicado», mas a preparação ao longo da semana «permitiu anular os pontos fortes» do Portimonense.

Ivo Vieira assumiu também o desejo de chegar às competições europeias, assumindo que essa meta, «mais que um desejo, seria o culminar natural para a grande época» que a sua equipa está a realizar.

Ivo Vieira, Treinador do Moreirense

Já António Folha, técnico dos algarvios, não colocou em causa a vitória adversária. No seu entender, os jogadores pensaram «mais no eu, do que no todo». «Não fomos a equipa que costumamos ser, inexplicavelmente», lamentou o técnico dos algarvios, acrescentando que a sua equipa jogou mal e «não mereceu outro resultado» que não a derrota.

A forma de jogador desinibida, apresentada pelo Moreirense, não surpreendeu Folha: «o campeonato vai para a jornada 28, já os vi jogar muitas vezes e sei em que lugar estão na tabela».

Para o futuro, a fórmula é «trabalhar muito para apresentar mais qualidade e competência». «Sem desculpas para exibições destas», remata.

Categorias
Desporto


Relacionado com: