Muralha do Forte de S. Sebastião em Castro Marim já está a ser recuperada

A intervenção tem um custo estimado a rondar os 170 mil euros.

A Câmara Municipal de Castro Marim já arrancou com a recuperação e consolidação do Troço da Muralha da Cerca Abaluartada, conhecida como a Muralha do Forte de S. Sebastião e que dá acesso ao Castelo de Castro Marim.

Esta intervenção, estimada em cerca de 170 mil euros, vai travar o desmoronamento progressivo que se tem vindo a verificar neste pano de muralha. dando também continuidade a investimentos realizados noutras zonas da Cerca Seiscentista.

«Preservar a autenticidade e a integridade da fortificação da vila de Castro Marim é o principal objetivo desta empreitada», diz a autarquia em nota de imprensa. Submetidas e aprovadas pelo Ministério da Cultura – Direção Regional do Algarve, as intervenções vão ser acompanhadas por um arqueológo.

A recuperação e recuperação do Troço da Muralha da Cerca Abaluartada foi aprovada no âmbito do Programa CRESC Algarve 2020, sendo apoiada por Portugal e União Europeia, cofinanciada a 70% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Categorias
Cultura


Relacionado com: