Gonçalo Pescada leva o acordeão à Raposeira

O músico algarvio dará um recital na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe. A iniciativa faz parte do projeto DiVaM, de Dinamização e Valorização dos Monumentos.

A Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe irá acolher o ultimo projeto de Dinamização e Valorização dos Monumentos (DiVaM) de 2018, no próximo sábado, dia 15 de dezembro, às 16 horas, com o recital de acordeão «Promontório Sacrum – Música e História do Fim do Mundo».

Neste recital, um dos maiores valores do acordeão em Portugal, Gonçalo Pescada, irá transformar este instrumento clássico e moderno, num programa musical onde os sons do acordeão cantarão compositores tão distintos como Bach ou Piazolla.

O projecto procura seguir uma pequena parte do trajecto histórico dos passos do Infante D. Henrique no barlavento algarvio mais ocidental, evocando memórias associadas aos locais, relembrando a sua dimensão enquanto espaço patrimonial físico e enquanto reflexo da memória histórica comum, associando-lhe um cariz musical que pretende exaltar e comemorar essa memória.

Esta é uma iniciativa organizada pela Academia de Música de Lagos para o DiVaM, programa cultural organizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve. A iniciativa conta ainda com o apoio da Câmara Municipal de Vila do Bispo.

Categorias
Cultura
Últimas


Relacionado com: