• Turismo algarvio insustentável sem Saúde de qualidade

    Se há alguma coisa em que estamos todos de acordo no Algarve é que a nossa atividade económica mais importante é o turismo. Podemos estar em desacordo quanto ao peso que deve ter na nossa economia regional ou quanto à composição do seu mix, mas ninguém questiona se é...
  • Ser a alternativa sem fazer de conta nas contas de cada portimonense

    Estar na política mudou. Já não se vive com a mobilização de 1974 nem se dá a atenção a quem está na política com noutrora se deu a Mário Soares ou a Francisco Sá Carneiro. Também já não vivemos na década de 1980 com os exemplos de Margaret Thatcher...
  • a Política: ou quando tocamos a vida de alguém

    Se em Faro entrar no Mercado Municipal pela porta norte e olhar para a banca de peixe mesmo à sua frente é muito provável que os robalos, ainda vivos, e as corvinas, as maiores, possam ter saído nessa mesma manhã do barco do Francisco Gaspar, antiga glória do Clube...
  • «Olhão tem alma» e os talibans somos nós

    O excelente painel colocado pela Câmara Municipal de Olhão na Avenida da República, com fotografias a preto e branco do lendário fotógrafo Artur Pastor, representando a extraordinária arquitetura de Olhão e que desta forma ficou, ainda quando íntegra, eternizada a tempo de o seu rasto não se desvanecer para...
  • Monchique e Pedrógão: duas faces de uma mesma moeda

    O grande incêndio de Monchique, que num ápice devastou mais de 27 mil hectares de património vivo, teve o infeliz condão de nos reavivar as imagens recentes dos trágicos incêndios rurais que fustigaram o centro e norte de Portugal em junho e outubro do ano transato. Não sendo réplicas...
  • Ministro, escuta, ou teremos mais fogos

    A tragédia de Monchique era previsível. No final de outubro de 2017, após a catástrofe, escrevi que as medidas anunciadas pelo governo eram positivas, mas não evitariam as chamas no futuro. Iriam apenas reduzir o impacte, porque se focam nas consequências e não nas causas. A principal causa é...
  • Monchique: que vitória?

    O governo fala de um caso de sucesso, mas para todos aqueles que foram afetados pelo fogo, esta foi uma «grande vitória» com sabor a derrota. E de facto, não vejo como se possa falar numa «grande vitória», quando o incêndio de Monchique é dado como o maior em...
  • Os nossos falhanços

    Procurei não escrever sobre o incêndio de Monchique. Várias vezes ao longo desta fatídica semana fui impelido a expressar a minha mágoa sobre esta tragédia. Evitei. Guardei para mim a tristeza, a desilusão, a revolta. Já tudo se disse e repetiu sobre o que aconteceu. O que deveria ter...
  • Algarve a uma só voz

    Sem um rosto em torno do qual os algarvios se mobilizem na defesa da resolução dos problemas estruturais que afligem a região e que travam o seu progresso, contrariamente ao que sucede noutras áreas do país, não há como potenciar o desenvolvimento económico e social sustentável que os algarvios...
  • São Brás de Alportel – reabilitação ou destruição do centro histórico?

    Trava-se uma batalha cívica para evitar que esta vila se torne definitivamente um lugar vulgar igual a tantos outros. O que resta de harmonia e de identidade está agora em risco de se perder para sempre. É que o património destruído já não é recuperável e a Câmara não...
  • O estranho caso da Capitania do Porto de Lagos

    Foi com surpresa e tremenda estupefação que todos aqueles que praticam pesca submarina e que escolheram Lagos como o seu destino de férias, se viram estranhamento confrontados com uma interdição desta modalidade. De acordo com o Edital 012/2018 da Capitania de Lagos, durante o período de 1 de junho...
  • Em Lagos, as paredes contam estórias

    O Mar d’Estórias, edifício histórico do centro de Lagos, é um projeto que fervilha de ideias que são fiéis à modernidade, mas muito enraizadas no património. Conhecendo o passado da nossa cidade descobrimos também a nossa história. Por isso, não será de estranhar que, ao folhearmos a clássica obra «Lagos,...