Vida de adultos com deficiência debatida em Congresso Internacional em Faro

A implementação de modelos de apoio à vida independente dos adultos com deficiência é um dos temas que vai estar em debate no Congresso Internacional da Pessoa com Deficiência – Garantir direitos, superar barreiras, promovido pela Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral de Faro (APPC Faro), por ocasião do seu 35º aniversário, nos dias 24 e 25 de novembro, no Grande Auditório da Universidade do Algarve, no Campus de Gambelas.

Na mesma altura em que se procede, em Portugal, à aplicação do Modelo de Apoio à Vida Independente (MAVI), Jos van Loon estará em Faro, no sábado, dia 25, para uma apresentação inédita, em que falará sobre a experiência de Arduin, onde adultos com deficiência vivem integrados na comunidade.

A conferência «From quality of care to quality of life. The deinstitutionalization and current practice of Arduin» está marcada para o segundo dia do congresso, sábado, às 9h30.

O professor universitário defende que os modelos de organização em comunidade, com assistentes pessoais que prestam apoio nas atividades diárias, aumentam a qualidade de vida dos adultos com deficiência, comparativamente aos modelos clássicos de institucionalização.

A qualidade de vida das crianças e jovens com Paralisia Cerebral também será outro dos temas em foco no congresso, com destaque para a conferência de Miguel Ángel Verdugo, da Universidade de Salamanca, que se debruçará sobre esse tema, na sexta-feira, dia 24, a partir das 10h30.

As inscrições estão abertas via on-line e o programa pode ser descarregado para consulta aqui.

A Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral de Faro (APPC Faro) foi fundado em novembro de 1982, por um conjunto de pais e técnicos, para dar resposta ao elevado número de crianças com Paralisia Cerebral no distrito, na altura sem intervenção especializada nesta área. Com uma equipa de 82 profissionais, a APPC Faro presta atualmente apoio a 564 utentes da região do Algarve, no total das suas oito valências. As mais recentes começaram a funcionar em 2013, com a inauguração de um Lar Residencial e uma Residência Autónoma, com capacidade para 25 pessoas.

Para mais informações, estão disponíveis os contactos 289 828 814 e [email protected]

Categorias
Saúde


Relacionado com: