Investigadora da UAlg distinguida com bolsa Terry Fox para investigação do cancro

Bibiana Ferreira, investigadora do Centro de Investigação em Biomedicina (CBMR), acaba de receber uma bolsa Terry Fox com o projeto «Characterizing the clinical relevance and the mechanism underlying TRIB2-mediated drug resistance to MEK inhibitiors in the context of melanoma», que visa estudar o papel da proteína TRIB2 no contexto do melanoma, um dos mais agressivos cancros de pele.

O projeto, selecionado para financiamento pela Liga Portuguesa contra o Cancro, pretende explorar, entre outros aspetos, a questão da resistência aos tratamentos, um dos principais motivos de insucesso no tratamento de doentes que padecem desta doença.

Através do programa Terry Fox a Liga Portuguesa contra o Cancro visa oferecer apoio à investigação de ponta na área do cancro, estimulando, assim, uma mais rápida e eficiente apresentação de resultados que possam contribuir para importantes descobertas no âmbito do estudo da doença.

Reafirmando a importância e a qualidade da sua investigação na linha do cancro, o Centro de Investigação em Biomedicina, continua a apostar nesta área onde, só nos últimos quatros anos, já foram distinguidos seis dos seus investigadores, entre os quais: Wolfgang Link, Ana Teresa Maia, Nuno Rodrigues dos Santos, Ana Luísa Martins Ferreira, Pedro Castelo-Branco e, mais recentemente, Bibiana Ferreira.

Categorias
Saúde


Relacionado com: