Hospital Particular do Algarve comemora 20 anos

Faz hoje, 13 de maio, 20 anos que o Grupo Hospital Particular do Algarve (HPA) inaugurava a sua primeira unidade, o Hospital Particular de Alvor. Hoje, com três hospitais e cinco clínicas o Grupo HPA cobre todo o Algarve, estendendo-se inclusivamente para a serra de Monchique.

Durante estes anos foram criadas empresas de suporte aos cuidados clínicos, em paralelo, que permitem uma articulação mais facilitada entre as unidades, auxiliando também a promoção de um atendimento mais personalizado. São disso exemplo, as ambulâncias privadas (com disponibilidade permanente 24 horas para todo o país), as Parafarmácias ou a TurAlvor, o primeiro outsourcing do Grupo e, a empresa fornecedora dos serviços de alimentação e limpeza.

Volvido este tempo, o Grupo HPA tem sabido renovar-se, e sobretudo, superar-se em termos de inovação e desenvolvimento. Aspetos que se podem aferir pela capacidade instalada e pela sustentabilidade dos seus recursos humanos, mas igualmente pelos projetos que tem para desenvolver num futuro próximo, como é o caso do Hospital Particular da Madeira. Um hospital que será edificado de raiz no Funchal, muita à imagem do Hospital Particular de Gambelas (em Faro) e, que promete tal como este seu antecessor, mudar o percurso da saúde dos madeirenses.

Para assinalar este aniversário, o Hospital Particular escolheu dois motes: «20 anos, 20 histórias de sucesso» e «20 anos no caminho da excelência». O primeiro enquadra a memória de duas décadas de trabalho e criação, fiéis à missão e aos valores da instituição. Foram recolhidas duas dezenas de depoimentos que demonstram a importância que o Grupo HPA alcançou na saúde individual dos que generosamente partilharam as suas experiências de sucesso, com finais felizes, neste projeto. São também histórias que refletem a importância que o Grupo detém na saúde da população algarvia.

Já a iniciativa «20 anos no caminho da excelência» designa igualmente a sustentabilidade, a determinação e a qualidade do trabalho realizado, mas sobretudo pretendem projetar um futuro sólido, consistente e estável. Nesse sentido, o Hospital Particular dará a conhecer, ao longo de 2016, os projetos que tem em desenvolvimento ou projetos que entretanto se finalizarão, como é o caso da apresentação que ocorrerá amanhã no Hospital de Alvor.

Com efeito, as comemorações institucionais iniciam-se amanhã com a inauguração oficial da sala operatória híbrida e do renovado serviço de oftalmologia.

As salas híbridas são hoje uma tendência mundial. Permitem dar resposta num mesmo espaço a procedimentos de intervenção cirúrgica e não-cirúrgica, contemplando equipamentos de imagem de alta definição. Nesta possibilidade está inerente a segurança do doente – técnicas minimamente invasivas que oferecem menor trauma cirúrgico; redução no tempo de recuperação; menor taxa de transfusões e, um melhor resultado estético comparativamente à cirurgia convencional.

Em relação ao departamento de oftalmologia, foram renovados todos os seus equipamentos, sendo agora possível ter uma cobertura global desta especialidade, quer ao nível do ambulatório (consulta externa), quer ao nível da cirurgia (bloco operatório), incluindo a oftalmologia pediátrica. Foi potenciada a capacidade dos exames de diagnóstico e terapêutica – ecografia, OCT (tomografia de coerência ótica), angiografia, retinografia – que permitirão melhorar de forma abrangente todos os rastreios e tratamentos.

Categorias
Saúde


Relacionado com: