Grupo HPA Saúde realiza cirurgia inédita em Portugal nas Gambelas

Foi realizada no Hospital de Gambelas e pela primeira vez em Portugal, uma cirurgia de correção do terço médio da face com distrator externo.

O doente tem uma doença rara (Acrodisostose) em que as extremidades não ossificam corretamente, produzindo uma incapacidade funcional e estética importantes.

Segundo os cirurgiões responsáveis, os médicos David Sanz (cirurgião maxilo-facial) e David Ângelo (estomatologista), «esta cirurgia é tecnicamente complexa, mas o planeamento muito rigoroso que realizámos em 3D, permitiu reduzir os riscos cirúrgicos e prever o resultado final».

Assim, foram realizadas duas osteotomias (corte no osso) e colocado um distrator, que será ativado todos os dias produzindo um avanço progressivo do osso e dos tecidos moles ao ritmo de 1 milimetro por dia e, desta forma projetando todo o centro da face. Esta técnica permite que se façam grandes movimentos ósseos sem comprometer os tecidos anexos.

No final das sete horas e meia de cirurgia, a equipa e a família manifestaram-se muito satisfeitas com os resultados.

Categorias
Saúde


Relacionado com: