Centro Quiroprático Específico abre em Portimão

Jean Philippe Marcoux é também autor de vários livros.

Jean-Philippe Marcoux é um médico quiroprático, formador, palestrante e investigador canadiano que traz para o Algarve uma abordagem inédita em Portugal. Na quarta-feira, 25 de janeiro, inaugurou um novo espaço no centro de Portimão.

Ainda há quem olhe para as medicinas complementares ou alternativas com um pouco de desconfiança, mas não será o caso de Jacinto Lopes, 69 anos. Exerceu uma profissão liberal no estrangeiro e hoje, apesar de reformado, ainda não conseguiu ter a qualidade que se ambiciona nesta etapa da vida.

«Tenho problemas de medula comprimida nas vértebras do pescoço, talvez pela idade, talvez pelo trabalho. Fiz exames e há mais de um ano que ando fazer tratamentos e a adiar uma operação». Chegou ao centro do médico canadiano por indicação de uma pessoa amiga. Fez duas sessões. «Agora sinto-me bem. Não sinto os mesmos sintomas que tinha até aqui. Isto estava mal encaminhado», fez questão de testemunhar ao «barlavento».

Jean-Philippe Marcoux veio para Portugal pelo amor que a esposa Chantal Julien nutre pelo país, desde pequena. Depois de passar várias temporadas, o casal comprou casa nos arredores de Monchique e decidiu ficar. Um espaço para trabalhar foi o passo seguinte. Com uma longa experiência clínica e de investigação, Jean-Philippe Marcoux especializou-se no tratamento dos problemas causados pela subluxão, termo utilizado quando os dois primeiros segmentos ósseos da coluna vertebral são ligeiramente deslocados da sua posição normal. Com o tempo, isto pode afetar o cordão espinhal e gerar o desenvolvimento progressivo de doenças crónicas.

O método é simples. Primeiro é feito um exame à coluna vertebral para determinar a origem do problema, que é verificado com radiografias. Com o diagnóstico feito, Marcoux faz, à mão, pequenas correções nos ossos. É indolor, mas requer que os doentes repousem, pelo menos, 45 minutos, de forma a que o corpo restabeleça. As primeiras consultas são muito rápidas a fazer efeito, mas, depois, o médico dá tempo ao corpo para se restabelecer por si.

Jean-Philippe Marcoux, 60 anos, formou-se em 1983, no Canadian Chiropractic Memorial College. Outro tema que lhe tem interessado é a reversão do processo em que pessoas canhotas foram forçadas a tornar-se dextras. «Isso permite que o cérebro se reequilibre». Hoje, dá seminários em França, Bélgica e Suíça, países onde também tem pacientes. Sobre o Algarve, «estou bem aqui e quero partilhar tudo o que sei com os meus pacientes e com os médicos portugueses, de forma a poderem melhorar os cuidados aos seus doentes. O meu objetivo é trabalhar em equipa com ortopedistas e clínicos em geral, de forma a partilharmos conhecimento médico».

A primeira consulta (exame completo) custa 50 euros. O Centro Quiroprático Específico fica na Rua Senhora da Tocha, 1/3 e pode ser contactado pelos telefones 282 097 532/ 910 333 555.

Categorias
Saúde


Relacionado com: