Universidade do Algarve foi a Angola promover a investigação

Uma comitiva da Universidade do Algarve, liderada pela vice-reitora para a Investigação e Internacionalização, Alexandra Teodósio, visitou Angola, de 3 e 10 de dezembro, com o intuito de promover a investigação e o ensino pós-graduado desta Instituição.

A Universidade do Algarve deslocou. entre 3 e 10 de dezembro, uma comitiva a Angola, liderada pela vice-reitora para a Investigação e Internacionalização, Alexandra Teodósio. O intuito da viagem foi promover a investigação e o ensino pós-graduado desta instituição.

No dia 4 de dezembro foi realizado o lançamento oficial do projeto LuandaWaterFront, coordenado pelo Centro de Ciências do Mar, e financiado pela Aga Khan Development Network e pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, que contou com a presença da ministra do Mar e das Pescas de Angola, Victoria de Barros Neto.

No dia 5 foi assinado um protocolo de colaboração específico para o desenvolvimento de programas de doutoramento conjuntos na Universidade Agostinho Neto.

De 6 a 9 de dezembro, a comitiva visitou a Academia de Pescas e Ciências do Mar do Namibe, na qual se assinaram vários protocolos e acordos específicos de colaboração, quer a nível de ensino, com mobilidade de estudantes, docentes e investigadores, quer a nível de investigação, com a futura implementação da Plataforma Colaborativa de Excelência Para as Ciências do Mar (CEEMAR).

Esta visita realizou-se o âmbito do projeto «Algarve is Our Campus – Study and Research in Algarve», cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Algarve (CRESC Algarve 2020), através do Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Internacionalização.

Este projeto tem como objetivo promover e reforçar a notoriedade e atratividade da Universidade do Algarve e da região, através da implementação de ações que visam a internacionalização e o consequente aumento do número de estudantes, docentes e investigadores internacionais.

Categorias
Regional


Relacionado com: