São Brás reabilita caminhos do Barrocal

A Câmara Municipal de São Brás de Alportel está a realizar diversos trabalhos de beneficiação de caminhos na zona barrocal do concelho. Trabalhos regulares, que ao longo do ano, representam a manutenção de cerca de 100 Km lineares de caminhos. As intervenções em curso, por administração direta, consistem na regularização dos pisos existentes, no revestimento do piso de entrada com tout-venant regado e compactado, na manutenção de valetas, na limpeza e desmatação.

Trabalhos encarados pelo Município como vitais para a garantia da melhoria das acessibilidades a pessoas e veículos nos vários pontos do concelho, inclusivamente para meios de Proteção Civil e socorro médico em caso de ocorrências, e que contribuem para a valorização do concelho.

Renovações na rede de abastecimento de água

Em paralelo, o município de São Brás de Alportel está a realizar diversas obras de renovação da Rede de Abastecimento de Água no concelho, entre as quais encontra-se em curso uma intervenção na zona de Barracha.

As obras visam a substituição das redes existentes em estado obsoleto e onde se registam perdas de água, sendo esta uma intervenção da maior importância no âmbito do Plano Municipal de Poupança de Água.

Os trabalhos na zona da Barracha, a sul da vila de São Brás de Alportel, consistem na substituição de perto de 200 ml de conduta de abastecimento de água. Intervenções que garantem melhores condições de abastecimento de água às populações, garantem a segurança do sistema de abastecimento e permitem eliminar as perdas de água e, por essa via, evitar custos associados desnecessários.

Estes trabalhos consolidam o planeamento que nesta área foi realizado na zona dos Vilarinhos, a poente do concelho, no Verão deste ano de 2017.

Ao longo de 2018, está prevista uma segunda fase na intervenção na zona de Vilarinhos, num investimento previsto em 70 mil euros para a substituição da rede naquela zona.

Assim, ao longo deste ano, o município vai proceder a outras intervenções na Rede de Abastecimento de Água, por administração direta, em vários pontos do concelho, com vista à garantia da funcionalidade de toda a infraestrutura de abastecimento de água de São Brás de Alportel.

A poupança de água e uma melhor rede de abastecimento de água são intervenções prioritárias e que requerem uma maior atenção por parte do município.

Aposta na prevenção

A segurança e o bem-estar das populações são preocupação constante dos Serviços da Câmara de São Brás de Alportel, que apostam na prevenção, nas mais diversas áreas da proteção civil.

Nos meses de inverno, assumem prioridade a prevenção dos riscos associados às vagas de frio e às chuvas intensas que, muitas vezes, trazem graves problemas às localidades após períodos tão largos de seca como aquele que vivemos.

Neste sentido, a partir de setembro, os serviços municipais dedicaram-se à missão de garantir a limpeza de valetas, sumidouros, grelhas de drenagem longitudinal e de verificar coletores de drenagens pluviais.

A fase principal e mais abrangente destes trabalhos foram concretizadas entre setembro e novembro, por ser de extrema importância ocorrer antes do período do inverno, para evitar inundações que provoquem prejuízos em bens públicos e privados do concelho. A quantidade de resíduos secos e lixo que se deposita nas sarjetas e sumidouros ao longo do período seco obstrui por completo a drenagem das águas da chuva. Através de processos manuais e mecânicos foram percorridos mais de 50 km de valetas e passeios em operações de limpeza, vigilância e intervenções sempre que necessário.

Mas este é um trabalho contínuo, que é realizado pelos serviços municipais, em prol da segurança e do bem-estar da comunidade, mas que conta e deve contar com o contributo dos munícipes que comunicam situações e permitem desta forma uma intervenção mais célere.

Manter São Brás de Alportel uma vila limpa «é mais fácil com todos» evitando lixo e detritos no chão e informando falhas de funcionamento nas redes de drenagem, para eliminar prontamente possíveis focos transmissores de doenças e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente e a qualidade de vida de toda população do concelho.

Todas estas situações devem ser reportadas ao Gabinete do Munícipe da Câmara Municipal que encaminha a informação para o serviço competente. Para além de contar com um gabinete no edifício da Câmara Municipal (Gabinete do Munícipe, junto à entrada principal), o munícipe pode contactar o Gabinete através do tel. 289 840 019, o email [email protected] ou até através do formulário no sítio do município na internet.

Reabilitação do Centro Histórico

O município de São Brás de Alportel continua apostado na revitalização do Centro Histórico da vila. A revitalização social e cultural deste espaço, a preservação e reabilitação do património edificado, a atração de novos residentes, a dinamização económica e a valorização turística são objetivos de uma estratégia definida pelo Plano de Revitalização do Centro Histórico que o município tem vindo desde há muito a desenvolver. Uma estratégia edificada em cinco pilares: Planear e ordenar; Dignificar e reabilitar o espaço público e os edifícios municipais; Promover e valorizar; Envolver a Comunidade e fomentar a dinâmica social e económica.

O Centro Histórico de São Brás de Alportel tem um carisma próprio, fruto de uma história construída ao longo de séculos que lhe imprimiu as suas marcas arquitetónicas, os seus tesouros culturais e uma memória que constitui o Tesouro Comum da Comunidade. Preservar este tesouro, trazê-lo ao presente e dar-lhe futuro é o grande desafio deste Plano de Revitalização, num trabalho diário que envolve os proprietários e residentes, numa missão que é e deve ser abraçada por todas.

No âmbito deste plano estão em marcha diversos projetos e iniciativas, que pretendem incentivar à reabilitação no centro Histórico.

Mediante recurso a fundos comunitários, a Câmara Municipal elaborou um PLANO DE AÇÃO DE REGENERAÇÃO URBANA (PARU) com um conjunto de ações, de execução faseada. A requalificação do Largo de São Sebastião e seguidamente da Rua Gago Coutinho e da Rua Aníbal Rosa da Silva; a reabilitação de um edifício para a criação do Espaço Memória; a valorização do Jardim da Verbena; do Adro da Igreja Matriz; e a conversão do Depósito de Água em Miradouro Panorâmico são apenas alguns do muitos projetos integrados neste Plano, ao qual se juntam ainda outras intervenções como seja o projeto de turismo acessível que está a ser preparado para o Centro Histórico ou os projetos de valorização do património imaterial.

Com o objetivo de incentivar a reabilitação dos edifícios do centro histórico, o Município definiu este espaço como ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA (ARU) DE SÃO BRÁS DE ALPORTEL, que confere aos proprietários que realizem obras de reabilitação nos seus edifícios, com melhoria significativa no estado de conservação dos mesmos, uma série de benefícios fiscais, municipais e estatais.

Mais recentemente, encontra-se disponível para os interessados em reabilitar os seus edifício no Centro Histórico, um INSTRUMENTO FINANCEIRO DE REABILITAÇÃO E REVITALIZAÇÃO (IFRRU 2020).

Este instrumento financeiro destina-se a apoiar pessoas singulares ou coletivas, públicas ou privadas, incluindo condomínios, nos investimentos em reabilitação urbana e na eficiência energética do imóvel a reabilitar.

Criado no âmbito do Programa Comunitário de Apoio Portugal 2020, tem por objetivo financiar operações de reabilitação urbana para as Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) delimitadas pelos municípios portugueses.

As candidaturas a este instrumento financeiro podem ser apresentadas no momento em que o investidor considere mais oportuno para o seu investimento, em fases pré-determinadas para a apresentação e decisão sobre as candidaturas, nem limites ao número de pedidos de financiamento.

Obtenha mais informações junto da Divisão de Urbanismo da Câmara Municipal através do e-mail: [email protected]

Categorias
Regional


Relacionado com: