Monchique quer aderir a associação de vilas termais

Autarquia considera que esta candidatura deverá ser uma alavanca fundamental para o desenvolvimento do concelho, marcando a estratégia turística do topo do Algarve.

A Câmara Municipal de Monchique vai efetuar uma candidatura para aderir à Associação das Cidades e Vilas Históricas Termais da Europa, após ter sido convidada pelo presidente dessa entidade a tomar esta iniciativa. A proposta foi aprovada, na terça-feira, 18 de abril, em reunião camarária, segundo divulgou a autarquia em nota de imprensa.

A associação é patrocinada pelo Conselho da Europa e está presente em 11 países, sendo que, no caso de Portugal, já são associados os municípios de Caldas da Rainha e de São Pedro do Sul.

«Esta Associação gere a Rota das Vilas e Cidades Termais da Europa e tem por objetivo a preservação e promoção do património histórico, patrimonial e cultural» ligados ao «legado termal de que Monchique e a suas termas são possuidoras», esclareceu a autarquia, que recorda que, desde o período romano, que as águas deste concelho algarvio são conhecidas como «águas sagradas».

A candidatura «reveste-se de muita importância para Monchique porque, uma vez aceite, colocará esta vila, as termas e o Algarve no centro de discussão e promoção» deste segmento do turismo, assegura ainda. A autarquia espera, assim, que a decisão, que deverá ser tomada em maio no próximo congresso da associação em Portugal, recaia sobre a aprovação. A candidatura começou a ser preparada pelo município após a participação do concelho na «Termatália», feira da especialidade que tem lugar todos os anos em Ourense.

Categorias
Regional


Relacionado com: