Loulé e Portimão apresentam notas de pesar pelo falecimento de Carlos Silva e Sousa

A Câmara Municipal de Loulé enviou na tarde de hoje uma nota de pesar na qual «manifesta publicamente o mais profundo pesar pelo inesperado desaparecimento do Presidente da Câmara Municipal de Albufeira, Carlos Silva e Sousa, endereçando à família enlutada as mais sentidas condolências».

À frente do município vizinho de Albufeira desde 2013, Carlos Silva e Sousa «mostrou sempre total dedicação e empenho no exercício das suas funções, mantendo uma postura permanente de firmeza na defesa do interesse das populações».

«Partilhou com Loulé algumas importantes lutas na defesa da região, destacando-se a salvaguarda do espaço marítimo para a preservação das economias locais e de pequena escala assim como a participação no movimento contra a prospeção de petróleo e gás na costa algarvia. Foi, de resto, na reunião dos autarcas, associações empresariais, movimentos ambientalistas e diversas personalidades que decorreu ontem, em Loulé, que Carlos Silva e Sousa teve a sua derradeira intervenção pública, com o mesmo brio de sempre, ao lado de com quem ele partilhava os mesmos valores relativamente à causa pública. O desaparecimento de Carlos Silva e Sousa é, pois, uma enorme perda para a região e para o contexto dos municípios portugueses», lê-se na nota de pesar enviada à imprensa.

Também Isilda Gomes, presidente da Câmara Municipal de Portimão fez emitir uma nota de pesar. «Hoje, o Algarve amanheceu triste com a inesperada morte do senhor presidente da Câmara Municipal de Albufeira, Carlos Silva e Sousa. Muitos e muitas cidadãos e cidadãs de Portimão tiveram a oportunidade de conhecer Carlos Silva e Sousa ainda antes de este exercer as funções públicas que muito justamente o notabilizaram, guardando a imagem de um homem de fácil trato e sempre disponível para ajudar».

«Foi um autarca exemplar, que sempre defendeu a sua terra e o nosso Algarve, ao longo de um percurso político inspirador, pautado pela frontalidade e nobreza de carácter, que a população de Albufeira muita apreciava, reconhecia e que muito beneficiou do seu dedicado serviço à autarquia. Por estes factos, Portimão conservará a memória saudosa e grata do Homem e do presidente, que certamente perdurará na sua família e na comunidade a que presidiu», lê-se.

«Neste sentido, apresento este voto de pesar pelo falecimento de Carlos Silva e Sousa, manifestando, em meu nome e em nome do município de Portimão, o profundo pesar junto da família enlutada», conclui o documento assinado por Isilda Gomes.

Categorias
Regional


Relacionado com: