Folares, vinho artesanal, via sacra e procissões animam Páscoa algarvia

Procissão do Enterro do Senhor, popularmente conhecida como Procissão do Senhor Morto, em Faro.

O «barlavento» preparou um roteiro com algumas sugestões para a quadra da Páscoa (em atualização).

4º Festival do Vinho na Nave do Barão

A Associação «Os Barões» vai realizar no sábado, dia 24 de março, o 4º Festival do Vinho na Nave do Barão, do concelho de Loulé, onde estarão representadas algumas conceituadas adegas e vinhos artesanais de viticultores da região. Em simultâneo, decorrerá no local uma feira de artesanato com artesãos locais a trabalhar ao vivo. O evento começa ao meio-dia, com uma provas, gastronomia do barrocal, e oficinas de empreita, cestaria e licores. A entrega de prémios está marcada para as 19 horas. Segue-se uma noite de fados com Filipa e André Catarino. Os vinicultores da Nave do Barão, seguem uma tradição que remonta ao século XIII. A sede desta associação está situada à entrada da aldeia, a 13 quilómetros de Loulé em direção a Salir, na Estrada Municipal 1184. Para mais informações está disponível o contacto 962 638 117. A entrada é livre.

«Paixão de Cristo – Via Sacra ao Vivo» em Pêra

A recriação dos últimos momentos da vida de Jesus Cristo transforam a vila de Pêra, em Silves, na na Jerusalém de há 2000 anos atrás. A «Paixão de Cristo – Via Sacra ao Vivo» está marcada para domingo, dia 25 de março, às 21 horas, com início no Largo 25 de Abril. Para levar avante este evento, já se encontram a decorrer todos os trabalhos necessários, desde os ensaios à preparação dos cenários. A realização da «Via Sacra ao Vivo» só é possível graças à colaboração de 150 voluntários das mais variadas idades, com o apoio da Câmara Municipal de Silves e da União das Freguesias de Alcantarilha e Pêra, com o patrocínio oficial do Crédito Agrícola de Silves e de algumas entidades anónimas locais. Realizada bianualmente, com o objetivo de recriar os últimos momentos da vida de Jesus Cristo, a Paixão de Cristo – Via Sacra ao Vivo é um evento sem fins lucrativos. Com cerca de duas horas de duração e pouco mais de um quilómetro de percurso, os últimos momentos da vida de Jesus Cristo serão recriados em 10 cenas ao longo das ruas da vila de Pêra, iniciando-se com a «Última Ceia» e finalizando no «Calvário», onde terminará com dos últimos momentos da vida de Cristo: a «Ressurreição». O sucesso deste evento foram os mais de 2500 visitantes que se deslocaram em espírito de oração e peregrinação, enchendo por completo as ruas de Pêra em cada uma das passadas edições (2005, 2006, 2008, 2010, 2012, 2014 e 2016). Sendo a um evento sem fins lucrativos, está aberto à população em geral, que comporta alguns encargos, a organização faz um apelo ao contributo anónimo por parte dos visitantes que queiram e possam contribuir. Para qualquer esclarecimento adicional, a organização disponibiliza o contacto 962 563 154 (Carlos Cristóvão).

Folar e acordeão em Pechão

O Clube Oriental de Pechão organiza o 20º Festival do Folar, domingo 25 de março, das 11 às 19 horas. Trata-se de evento que pela aceitação da população local e visitantes, começa a afirmar-se com uma tradição local. O Rancho Folclórico da Conceição de Faro animará o certame. Em paralelo, «com o intuito de dar ainda maior impacto a este evento e de divulgar um instrumento fundamental na música popular portuguesa e algarvio, decidimos continuar em simultâneo com a segunda edição do Festival de Acordeão de Pechão», às 15 horas. Estão confirmados os músicos Enídio Gonçalves (Loulé), Francisco Ervilha (Pechão), Francisco Sabóia (Loulé), Jorge Alves (Moncarapacho) e Pedro Ivo (Olhão). Mais informações podem ser solicitadas à organização através do contacto 929172289.

Procissão dos Painéis em Albufeira

A Procissão dos Painéis da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira regressa às ruas da cidade, a 29 de março. Representam as Cenas da Paixão de Cristo e, muito provavelmente, são originários do século XVII. Mantendo a tradição, a população de Albufeira manifesta a sua fé, em uma das mais importantes procissões na região. O cortejo sai da Capela quinhentista às 21h30. O préstito passa pela Igreja de Santa Ana e termina na Igreja Matriz. Segue à luz das velas, dos archotes e das candeias, com a iluminação pública desligada, acompanhado pelo som da matraca e dos tambores. No dia seguinte, na sexta-feira Santa, realiza-se a procissão, que popularmente é designada de Procissão do Senhor Morto.

Odeceixe acolhe Feira do Folar e Doçaria

A freguesia de Odeceixe, no concelho de Aljezur, mostra a sua tradição gastronómica nos dias 30 e 31 de março e 1 de abril. O folar local, pela especificidades dos ingredientes e a forma única de confeção merece o destaque do evento, a par da doçaria cuja base é batata-doce de Aljezur. A oferta gastronómica conta ainda com enchidos, queijos regionais e petiscos típicos da Costa Vicentina como o perceve. Uma forte vertente de artesanato e de produtos locais também estará disponível aos visitantes. O recinto abrirá às 12h00 (sexta-feira e sábado) e encerrará às 0h00, mantendo animação até às 02h00, no domingo abrirá às 11h00. A organização está a apostar em visitas familiares, com um espaço dedicado aos mais pequenos. Haverá ainda um passeio de BTT e um sorteio de ofertas que incluem jantares, estadias em alojamentos locais, galos e outras surpresas.

Mercadinho da Páscoa em Quarteira com folar gigante

A Junta de Freguesia de Quarteira preparou para a população um programa especial para o fim de semana da Páscoa com muita animação na cidade. A 4ª edição do Mercadinho da Páscoa conta com, Folar Gigante, venda de produtos artesanais, Baile da Pinha e muita animação infantil desde insufláveis, Oficina do Folar e até Atelier Infantil. Nos dias 29, 30 e 31 de março, na Rua Vasco da Gama, das 10h00 às 18h00 é excelente oportunidade para comprar produtos regionais algarvios e passear com as crianças. O evento é organizado pela Junta de Freguesia de Quarteira com o apoio da Câmara Municipal de Loulé.

Festa do Folar em Querença

Querença volta a ser palco da tradicional Festa dos Folares, em honra da Nossa Senhora da Graça, no próximo domingo, 8 de abril, numa iniciativa promovida pela Comissão de Festas da Paróquia de Querença, com o apoio da Câmara Municipal de Loulé e da União de Freguesias de Querença, Tôr e Benafim. O evento arranca no sábado, dia 7, pelas 9h00, no Salão de Festas da Casa do Povo de Querença, onde haverá «baile do folar», animado pelo acordeonista Nelson Duarte. No domingo, dia 8, a festa tem início com a celebração religiosa. À eucaristia, agendada para as 15h00, segue-se a procissão com a imagem da Nossa Senhora da Graça, pelas artérias da aldeia. Depois decorre no Largo da Igreja o Leilão de Ofertas e Folares. Durante a tarde, os visitantes poderão degustar iguarias típicas da região, enquanto que a Associação Artística Satori irá animar os mais novos com pinturas faciais e modelagem de balões. Às 17h30, Afonso Dias e Amigos leva a música tradicional a Querença. Numa época festiva repleta de tradições, nomeadamente em termos gastronómicos, Querença volta a receber muitos visitantes. A entrada é livre.

Semana Santa em Tavira

As celebrações quaresmais, em Tavira, integram diversos momentos, dos quais se destacam as procissões do Triunfo em Domingo de Ramos (25 de março), do Enterro do Senhor (30 de março), assim como o Concerto de Páscoa (1 de abril). No dia 25 de março, Domingo de Ramos, pelas 17 horas, tem lugar a Procissão do Triunfo, com partida da Igreja do Carmo. Esta procissão, organizada pela Irmandade de Nossa Senhora do Monte do Carmo, é composta por vários andores de talha dourada, os quais descrevem a vida de Cristo, desde o Monte das Oliveiras até à sua morte. Existem registos que dão conta que esta manifestação religiosa já se organizava, no ano de 1789, pela Ordem Carmelita da cidade de Tavira. Ainda neste âmbito realizam-se, nos dias 24 e 25, nas igrejas de Santa Luzia (24 de março às 16 horas), Santiago (24 de março às 17h00), Cabanas (24 de março às 18h30), São Paulo (25 de março às 9h00), Conceição (25 de março às 10h00), Santa Maria (25 de março às 11h00 e 12h15) a Celebração do Domingo de Ramos.

A Via Sacra, promovida pelas Paróquias de Tavira, decorre, no dia 28 de março, a partir das 21 horas, num percurso composto por 14 estações em torno da Igreja de Santa Maria. Também, nos dias 23 e 24, as igrejas de Santa Luzia (23 de março às 17h00), Cabanas (23 de março Às 19h00 e 24 de março às 17h00), Santiago (23 de março às 21h00 e 24 de março às 15h00), acolhem esta manifestação de fé cristã, sendo que, no dia 24, em Cabanas, os destinatários são as crianças da catequese. No dia 29, é possível assistir, nas igrejas de Santa Luzia (17h00), Santa Maria (19h30) e Conceição (21h00) à celebração da Ceia do Senhor.
A Procissão do Enterro do Senhor, organizada pela Santa Casa da Misericórdia de Tavira, tem lugar, no dia 30, Sexta-feira Santa, pelas 21h00, a partir da Igreja da Misericórdia. Este ato religioso foi estabelecido, em Portugal, nos séculos XV e XVI, passando a integrar as celebrações tradicionais da Semana Santa.

No dia 30, as igrejas de Santa Maria (15h00) e Cabanas (15h30, com via sacra processional até à Igreja da Conceição) celebram a Paixão do Senhor. Ainda nos dias 30 e 31, terá lugar, na Igreja de Santiago, pelas 10h00, a Oração de Laudes. Também, no dia 31, está prevista, nas igrejas de Santa Maria (21h00) e Conceição (21h30), a Vigília Pascal.

No dia 1 de abril, realiza-se a Celebração da Ressurreição do Senhor nas igrejas de São Paulo (9h00), Conceição (10h00), Santa Maria (11h00 e 12h15) e Santa Luzia (18h00). Ainda, neste dia, tem lugar, pelas 09h45, com partida da Igreja de São Paulo, a Procissão da Ressurreição até à Igreja de Santa Maria. As celebrações encerram, no dia 1 de abril, pelas 18h00, na Igreja do Carmo, com o Concerto de Páscoa “Petite Messe Solennelle” de Rossini.

Categorias
Regional


Relacionado com: