Faro distingue os melhores projetos de arquitetura e paisagismo

Além do galardão, autores dos projetos ganham 1500 euros de prémio monetário e a identificação das obras com uma placa que indicam que foram os vencedores da edição deste ano.

A reabilitação de um imóvel na Vila Adentro, e de outros edifícios nas ruas Batista Pinto e Serpa Pinto, bem como o Parque Ribeirinho de Faro foram os distinguidos no Prémio Municipal de Arquitetura e Arquitetura Paisagista 2017. A Câmara apresentou na segunda-feira, 9 de outubro, os vencedores do galardão retomado em 2012, mas que só este ano foi possível à autarquia atribuir, devido aos «conhecidos constrangimentos financeiros» com os quais se debateu, justificou.

Os serviços municipais receberam até 31 de março diversas candidaturas, nas duas categorias a concurso – «Espaços exteriores» e «Recuperação/reabilitação» -, tendo após «criteriosa e exaustiva avaliação, o processo culminado com a decisão dos júris em distinguir» estes dois projetos, referiu a autarquia.

Assim, na categoria de recuperação o primeiro prémio foi atribuído aos arquitetos Miguel Reimão Costa e Jennifer Silva Pereira, autores do projeto de reabilitação do edifício localizado na Vila Adentro, na Rua Rasquinho, nº 19.

O júri decidiu ainda atribuir uma menção honrosa à reabilitação, conservação e alteração do edifício, localizado na Rua Serpa Pinto, nos números 27, 29, 31, 33 e 39, e Rua Batista Pinto, números 25 e 26, ambos na cidade de Faro, da autoria do Arquiteto Emanuel José Pereira Aniceto.

Já na secção de Espaços Exteriores, foi atribuída uma menção honrosa ao projeto identificado como Parque Ribeirinho de Faro, da autoria da arquiteta Isabel Vaz Serra e do arquiteto paisagista Miguel Marques Pereira.

O prémio, além do reconhecimento público do município, identificando cada obra com a placa indicativa do galardão, atribui o valor de 1500 euros em cada secção.

A autarquia dá ainda os «parabéns aos vencedores pelos brilhantismo e oportunidade dos projetos», deixando ainda um «agradecimento especial» aos restantes participantes «pela qualidade que colocaram nas obras que candidataram e que, no seu todo, contribuíram para elevar ainda mais o nível do património arquitetónico» farense. Em breve, a Câmara Municipal de Faro promoverá uma exposição alusiva às obras premiadas e uma cerimónia de entrega dos prémios.

Categorias
Regional


Relacionado com: