Direção Regional de Cultura do Algarve lança nota de pesar

A Direção Regional de Cultura do Algarve «demonstra o seu sentido pesar pelo falecimento do Eng. Luís Guerreiro ocorrido esta segunda-feira», 14 de agosto, em nota enviada à imprensa.

«Engenheiro civil de formação e homem de letras por vocação, dedicou a sua vida à divulgação da História do Algarve, dando a conhecer inúmeras figuras e factos. Um dos impulsionadores da criação da Fundação Manuel Viegas Guerreiro, da qual era atualmente o presidente, divulgou a vasta obra do seu patrono, na área da antropologia, e ampliou o espólio bibliográfico da instituição, constituindo um dos maiores acervos documentais sobre o Algarve. Um comunicador por excelência desenvolveu e interviu em inúmeras iniciativas culturais marcantes na região, sendo a mais recente o Festival Literário Internacional de Querença (FLIQ), que este ano teve a sua segunda edição. O seu contributo cultural e o legado que nos deixa sobre a história local e regional é inquestionável. Aos familiares, amigos e Fundação Manuel Viegas Guerreiro apresentamos as nossas sinceras condolências», lamenta a Direção Regional de Cultura do Algarve.

Categorias
Regional


Relacionado com: