DECO acusa EVA Transportes de não prestar informação aos consumidores sobre a greve

A DECO Algarve teve conhecimento de que a EVA Transportes interrompeu carreiras regulares programadas por motivo de greve dos trabalhadores. «Lamentavelmente, essa circunstância não está a ser comunicada aos utentes pela operadora».

A delegação regional da Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) «deslocou-se ao terminal rodoviário de Faro e confirmou a ausência de disponibilização de informação aos passageiros sobre os cancelamentos, facto que também se verifica no sítio da internet da operadora. De igual modo, aos utentes não estão a ser oferecidos transportes alternativos para minimizar os efeitos da paralisação, prevista para hoje e amanhã, dias 9 e 10 de agosto».

A DECO espera que a operadora corrija a situação, cumprindo os deveres de informação e assistência impostos pela legislação deste setor.

A campanha «Queixas dos Transportes» já recebeu 4121 reclamações, e os transportes terrestres continuam a motivar a maioria das queixas.

Assim, a DECO reforça «a importância de os passageiros continuarem a denunciar situações em que os operadores não cumprem as suas obrigações e a subscreverem a nossa carta dos transportes, que visa reforçar os seus direitos», podendo fazê-lo aqui.

Categorias
Regional


Relacionado com: