Castro Marim passa a integrar designação dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António

Francisco Amaral, presidente da autarquia de Castro Marim, considera que «é uma questão de justiça e devia ter acontecido há muitos anos».

A Associação Humanitária de Bombeiros de Vila Real de Santo António (AHBVVRSA) passa agora a integrar Castro Marim na sua designação. Esta medida vem consolidar uma relação que sempre existiu, uma vez que este município, o único do país sem corporação, já fazia parte da zona de intervenção desta Associação.

Francisco Amaral, presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, considera que «é uma questão de justiça e devia ter acontecido há muitos anos, até porque Castro Marim também contribuiu financeiramente com a corporação». O autarca explica que «neste ano, se aprovarmos uma taxa de 0,39% de IMI, conseguiremos aumentar substancialmente a verba dessa contribuição (cerca de 150 mil euros/ano)».

A cooperação e a comunhão de objetivos entre a AHBVVRSA e o município de Castro Marim tem já projetos em prática, que têm estreitado os laços. Bons exemplos desta parceria são a celebração de um protocolo entre ambas as instituições e o INEM, que permitiu a instalação do Posto de Emergência Médica (PEM) no Azinhal, e um projeto de investimento de 627500 euros, que permitirá uma nova Unidade Local de Formação, também no Azinhal, para gestão e coordenação pela AHBVVRSA, no âmbito do seu estatuto enquanto entidade formadora integrada na rede da Escola Nacional de Bombeiros.

Categorias
Regional


Relacionado com: