Bruno Santos é o novo 2º comandante dos Bombeiros de Olhão

O Corpo de Bombeiros Municipais de Olhão já tem o seu tão desejado 2º comandante. A tomada de posse de Bruno Filipe Gago Santos aconteceu na passada sexta-feira, 30 de junho, no Quartel dos Bombeiros Municipais, perante o presidente da Câmara Municipal António Miguel Pina, e o comandante operacional distrital Vítor Vaz Pinto, entre outras entidades.

Bruno Santos chega ao segundo posto mais alto da hierarquia dos soldados da paz olhanenses após concurso público que culminou com o despacho de 20 de junho passado. Com 35 anos, é bombeiro profissional desde 2002, licenciado em Sociologia e mestrando em Recursos Humanos.

O presidente da Câmara Municipal, António Miguel Pina, na cerimónia de tomada de posse, deu as boas vindas ao novo elemento do comando dos Bombeiros Municipais de Olhão (BMO), que cumprirá uma primeira comissão de serviço de cinco anos, renovável. O autarca revelou que esta foi uma das necessidades dos bombeiros olhanenses que este Executivo conseguiu resolver, mas há outras: «está em execução o projeto do novo quartel, uma promessa antiga que será uma realidade em 2018”, congratulou-se António Miguel Pina, lembrando igualmente que a Autarquia tem estado “sempre disponível para dotar a corporação de todo o material necessário».

O edil olhanense revelou ainda que em breve será aberto concurso para 15 bombeiros de 2ª classe e que continua a insistir para que «sejam implementadas as progressões nas carreiras e revistas as remunerações», um direito «legítimo» que não tem deixado de reivindicar.

O comandante dos BMO, Luís Gomes, confirma a abertura do Executivo para todas as necessidades sentidas pelos soldados da paz olhanenses, garantindo que tem «sempre resposta às solicitações efetuadas». Quanto às injustiças de que os bombeiros estão a ser alvo, promete continuar a manifestar, a nível nacional, a sua «desilusão pela falta de aprovação de um estatuto profissional com a dignidade que os bombeiros merecem. Não desistirei enquanto esta tremenda injustiça não for reparada», promete.

Ao 2º comandante Bruno Santos, Luís Gomes garantiu: «serás o homem da nossa confiança e juntos tudo faremos para que o teu sucesso seja o nosso sucesso. O desafio é enorme, as expetativas são elevadíssimas, sei que garantidamente irás contribuir ainda mais para que o nome deste Corpo [com 130 elementos] seja notabilizado e reconhecido».

Relativamente ao que já foi conseguido para este corpo de bombeiros, Luís Gomes reforça: «temos um conjunto de projetos em curso que irão elevar ainda mais a grandeza desta instituição e do socorro em Olhão».

Categorias
Regional


Relacionado com: