Bicicleta é o tema do próximo «Faro à Conversa»

«Andar de bicicleta em Faro em segurança - Do desejo à concretização» serve de mote para um evento, que se pretende um debate em movimento que o grupo informal de cidadãos – Faro à Conversa – organiza no próximo domingo, dia 2 de Abril, pelas 15h00, com ponto de encontro na rampa de entrada do Teatro Municipal de Faro-Teatro das Figuras.

Depois de duas iniciativas públicas do «Faro à Conversa» para identificar temas relevantes para a cidade (a 6 de Novembro de 2016) e definir a prioridade desses temas (14 de Janeiro de 2017) concluiu-se que a mobilidade sustentável é a questão que mais preocupa os cidadãos de Faro.

Neste contexto, depois de uma iniciativa com especialistas desta temática realizado a 18-02-2017, este será o 2º de 3 encontros dedicados ao tema da mobilidade, organizados pelo grupo informal de cidadãos «Faro à Conversa».

A questão particular da mobilidade em bicicleta foi igualmente identificada como uma temática de interesse e preocupação transversal, e extremamente atual, pelo que é contemplada no Plano Municipal de Mobilidade e Transportes de Faro (PMT), e a nível governamental, no Plano Nacional para a Promoção da Bicicleta e Outros Modos de Transporte Suaves.

Na presente iniciativa, num primeiro momento, estará presente Mário Alves, engenheiro civil, júri do indicador de mobilidade ECOXXI (que visa a identificação e o reconhecer as boas práticas de sustentabilidade desenvolvidas ao nível dos municípios portugueses), secretário-Geral da Federação Internacional de Peões, presidente da Estrada Viva – Liga de Associações pela Cidadania Rodoviária, Mobilidade Segura e Sustentável, membro do painel de especialistas da Direção-Geral de Energia e Transportes da Comissão Europeia, e foi consultor do Plano Nacional de Promoção da Bicicleta e outros Modos Suaves em Portugal.

Num segundo momento, «e tomando como base os planos supracitados, desafiamos os cidadãos a um debate em movimento pela cidade, num percurso de bicicleta que ligará os pontos nevrálgicos da vida ativa da cidade, que permita uma reflexão conjunta sobre soluções viáveis para uma circulação segura. Terminaremos num lanche-convívio, no Passeio Ribeirinho, com a Ria Formosa como pano de fundo».

«Convidamos assim, todos, a virem passear (tragam bicicleta), debater, partilhar ideias e opiniões sobre como criar condições de utilização de bicicleta em segurança…no sentido de, eventualmente, preparamos o contributo de todos os participantes para o PMT que estará brevemente em consulta pública», informa o movimento «Faro à Conversa».

Categorias
Regional


Relacionado com: