António Rebelo de Sousa disserta sobre a economia algarvia em Faro

O Rotary Club de Faro e a editora algarvia «Sul, Sol e Sal», darão continuidade ao ciclo de conversas «O Algarve, Portugal e o Futuro», na sexta-feira, 26 de janeiro. O debate terá lugar no anfiteatro da Escola Secundária João de Deus, em Faro, às 21 horas.

A economia regional é o tema da segunda sessão que terá como convidados André Jordan, António Rebelo de Sousa, Guilherme d’ Oliveira Martins, João Cravinho e Vítor Neto.

A moderação será de Maria Augusta Casaca, jornalista da TSF, e, a sessão terá como novidade um painel de intervenções constituído por André Oliveira, João Ministro e Luís Serra Coelho.

A necessidade de construir um «projeto de região, inspiração, exigência» e o papel fundamental da Universidade do Algarve foram as ideias fortes que João Guerreiro, Paulo Teixeira Pinto e Adriano Nogueira apresentaram na primeira conversa.

Para pensar e debater «O Algarve Económico» propôs-se aos intervenientes não um diagnóstico de problemas, embora a sua identificação assuma relevância tanto na definição de objetivos como de caminhos a seguir, nem um exercício de reflexão prospetiva e consequente elaboração de cenários de desenvolvimento.

Mas sim a adoção de uma perspetiva afetiva. Que país e que região, cada um deles, deseja no futuro? Desejar sem contudo perder o pragmatismo necessário para identificar áreas chave, políticas estratégicas, modos de ver e de fazer diferente.

O que é preciso fazer na estrutura produtiva, na internacionalização da economia, no papel que o Estado para termos o Algarve e o Portugal futuro que cada um traz no coração?

A abrir a sessão será apresentado o estudo «O Algarve: Análise Socioeconómica», uma encomenda da «Sul, Sol e Sal» a Celina Luís e António Rebelo de Sousa. O estudo faz um retrato atual do Algarve, levantando as estatísticas mais atualizadas referentes ao seu território, à sua demografia, ao seu contributo para a riqueza nacional e à sua dinâmica socioeconómica, apontando as questões mais relevantes nestes domínios, numa perspectiva de desenvolvimento sustentável de médio prazo.

A entrada é gratuita. A sessão será transmitida em streaming e poderá ser acompanha, em direto, na página de facebook da «Sul, Sol e Sal».

Categorias
Regional


Relacionado com: