Algarve presente em evento dedicado à indústria do turismo de luxo

A participação num dos pricipais eventos que reúne os grandes agentes dedicados a este segmento tem como objetivo posicionar o Algarve como uma alternativa apelativa para os turistas de luxo, despertando o interesse e a curiosidade em relação ao destino e à sua oferta.

Representado pela Associação Turismo do Algarve (ATA), a agência responsável pela promoção turística da região junto dos mercados externos, o Algarve está, durante esta semana, a marcar presença no evento Private Luxury Foruns America, uma iniciativa exclusiva que reúne e promove encontros e ações de socialização e de networking entre os principais agentes da indústria do turismo de luxo.

A ter lugar em Montego Bay, na Jamaica, este evento dirige-se sobretudo aos mercados norte-americano e canadiano, mas também ao Brasil e restante América Latina.

Através desta participação, a ATA pretende despertar junto destes mercados o interesse e a curiosidade pelo Algarve, posicionando-o como um destino apelativo que apresenta, entre outros aspetos da sua diversificada oferta, um conjunto de infraestruturas e mais-valias de luxo, associado a uma excelente relação de value for money.

«Esta é mais uma ação estratégica que integra o plano de atividades definido pela ATA e que é tida como prioritária, dado o retorno, não só em termos de projeção internacional mas sobretudo de potenciais oportunidades de negócio para o turismo do Algarve, que acreditamos que daqui possa resultar», explica Dora Coelho, diretora executiva da ATA, em nota de imprensa.

«Este evento caracteriza-se pela escolha criteriosa dos seus participantes e pelo intenso programa de atividades e de reuniões que nos irá permitir reunir, conviver e consolidar relações com alguns dos principais especialistas na área do turismo de luxo, desde operadores e agências de viagens exclusivamente dedicadas a este segmento, a outros profissionais como private travel designers ou lifestyle and travel consultants. Neste contexto, consideramos a participação do Algarve neste fórum como extremamente relevante e oportuna», defende.

De recordar que o mercado norte-americano, em particular, registou em 2016 um crescimento de 23,4 por cento no que diz respeito ao número de dormidas no Algarve face ao ano anterior, representando em termos absolutos um valor próximo das 125 mil dormidas.

Esta tendência de crescimento parece manter-se, já que os valores relativos ao primeiro semestre deste ano indicam um crescimento de 23,6 por cento em comparação com o período homólogo de 2016.

Neste momento, os EUA posicionam-se como o 10º mercado externo que mais procura o Algarve como destino turístico.

Categorias
Regional


Relacionado com: