Abertura da Escola de Biodanza de Portugal em Almancil conta com forte adesão

Aumento de novos praticantes de Biodanza no Algarve em apenas um ano. Terceiro fim de semana de cada mês por vários didatas nacionais e internacionais. Novo paradigma de saúde e bem-estar integral que promove a empatia e a cooperação.
Irene Franco e José Neves, diretores da Escola de Biodanza do Algarve.

Um ano após o anúncio da abertura de uma Escola de Biodanza SRT no Algarve, seguido de várias apresentações teórico praticas, Setembro marcou o arranque da primeira turma que surpreendeu a direção pela forte adesão à implementação deste projeto no Sul do país.

O crescimento do movimento no Algarve, alavancado pela abertura da Escola, permitiu a abertura de 4 novos grupos de Biodanza em apenas um ano, sendo que atualmente é possível a prática em Vila Real de Santo António, Faro/Almancil, Portimão com a participação de cerca de mais de 50 novos praticantes.

A Turma IX das Escolas de Biodanza® Sistema Rolando Toro de Portugal, com polos no Porto, em Lisboa e agora no Algarve, conta já com 21 alunos inscritos mantendo-se as inscrições abertas no primeiro ano de formação, para um ambiente de aprendizagem estimulante e que permita a cada participante o espaço e o tempo necessários para a integração dos conteúdos teóricos e práticos e da experiência vivencial.

A formação decorre no terceiro fim-de-semana de cada mês, na Quinta da Calma em Almancil, durante três anos com a participação de vários didatas nacionais e internacionais com reconhecida experiência.
A Biodanza® representa um movimento mundial em franca expansão, com vários continentes comprometidos com o objetivo de incrementar a saúde e o bem-estar, desenvolver os potenciais humanos e estimular a expressão dos afetos. Um novo paradigma que assenta no encontro, vínculo, comunicação e expressão e que promove o desenvolvimento humano, a empatia e a alegria de viver.

Portugal tem sido considerado uma referência na expansão do movimento, com agora, três polos de formação, cerca de 50 facilitadores e 2000 alunos regulares. Em Julho de 2014, o país recebeu o Congresso Europeu de Biodanza que reuniu em quatro dias mais de 600 pessoas.

Com uma abordagem multidisciplinar e um corpo teórico bastante completo, são diversos os contextos sociais que têm vindo a beneficiar da aplicação da Biodanza. Os efeitos pedagógicos, terapêuticos e sociais têm sido tão evidentes que cada vez mais pessoas procuram a Biodanza, quer do ponto de vista de desenvolvimento humano em grupos regulares, quer do ponto de vista profissional, completando as suas carreiras – professores, enfermeiros, médicos, terapeutas, psicólogos, empresários – ou iniciando uma nova carreira, a de facilitador de Biodanza.

O percurso proposto tem por objetivo facilitar a tomada de decisão individual com impacto em três dimensões fundamentais: Pessoal – Com o reconhecimento e o desenvolvimento de novos potenciais; Profissional – Com a ampliação destes potenciais e consequentes adequações ao mercado de trabalho que beneficiará de profissionais que apreciam efetivamente qualquer atividade que estejam a desenvolver e Social – Gerando agentes de transformação social nas respetivas comunidades com valores assentes na empatia, na qualificação, no reconhecimento e valorização dos potenciais inatos de cada um e na cooperação.

Sobre a Biodanza
Conceptualmente a Biodanza define-se como um “sistema de integração afetiva, renovação orgânica e reaprendizagem das funções originárias de vida, por meio da música, do movimento e do encontro em grupo”. O paradigma filosófico fundamental da Biodanza é o Princípio Biocêntrico. Segundo este princípio, todo o universo, incluindo os seres humanos, está organizado em função da proteção e continuidade da vida. A Biodanza é, pois, um caminho de reencontro com a vida, o qual eleva a qualidade da saúde, desenvolvendo potenciais herdados geneticamente, reforçando a identidade e restabelecendo o vínculo afetivo com a própria pessoa, com o outro e com a natureza. A Biodanza é um processo e, como tal, é contínuo e progressivo, permitindo que cada um se desenvolva no seu próprio ritmo. Ou seja, cada aluno é estimulado a fazer o que lhe é possível, de forma a não criar resistências. Na Biodanza, o movimento é integrado, isto é, procura-se uma união coerente entre sentimentos, pensamentos e ações, assente na crença de que a afetividade é a mola propulsora de toda a evolução do indivíduo, desde a etapa intrauterina até a maturidade.

Qualquer assunto ou informação adicional:
Direção e Coordenação:
Irene Franco – 962520257
José Neves: 916632712
Rita Neves: 919388345
e-mail: [email protected]

Localização: Quinta da Calma, Apartado 3053 901, 8135 Almancil
Mais informações em: http://www.escolabiodanzasrt.com/ e https://biodanza.org/pt/
Inscrições: https://www.facebook.com/events/1062612337179141/

Categorias
Regional


Relacionado com: