Steven Piedade quer criar «marca Montenegro» e reforçar segurança rodoviária

Prioridades do presidente da Junta de Freguesia.

«Pretendemos criar a Marca Montenegro, para que sejamos vistos, ouvidos e comentados pelos quatro cantos do Mundo», revelou ontem, segunda-feira, 16 de outubro, o presidente reeleito da Junta de Freguesia de Montenegro, Steven Sousa Piedade, durante a tomada de posse dos órgãos autárquicos para a Assembleia de Freguesia, tendo sublinhado que esta é uma das grandes prioridades do executivo para o próximo mandato.

Reeleito com maioria absoluta (47,72% dos votos), que garantiram à coligação PPD/PSD.CDS-PP.MPT.PPM eleger sete deputados, Steven Sousa Piedade apontou ainda o reforço de dois processos que marcaram o seu mandato anterior: a regulamentação do estacionamento automóvel e o controlo da velocidade rodoviária na Freguesia. Metas a atingir durante os próximos quatro anos, que considerou «decisivos para consolidar a qualidade de vida e a imagem de Montenegro».

No que diz respeito à «Marca Montenegro», o autarca adiantou que, no âmbito da sua implementação, será lançada em janeiro de 2018, uma campanha de recenseamento para que «a população compreenda a importância de estar, ou não, recenseada na Freguesia onde reside, ou seja, a importância de passar de um lado para o outro».

«Transferência» foi aliás uma das palavras que marcaram o discurso de Steven Sousa Piedade que, antes de sublinhar as grandes prioridades para Montenegro, defendeu a necessidade de a descentralização de novas competências para as Juntas de Freguesia ser acompanhada pelos meios financeiros, patrimoniais e humanos compatíveis ao seu exercício.

Reafirmando estar a Junta de Freguesia de Montenegro preparada para manter as atuais e receber novas delegações, Steven Sousa Piedade manifestou-se disponível para acolher os espaços públicos da Praia de Faro, tendo apelado ao Presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, para que interceda junto do Governo e da Associação Nacional de Municípios de Portugal, no sentido de serem contemplados novos critérios na fórmula de cálculo do Fundo de Financiamento das Freguesias.

«Não podemos permitir que a Freguesia de Montenegro continue a ser penalizada por ter equipamentos fundamentais para a região e para o país, como o Aeroporto Internacional de Faro, a Universidade do Algarve e a Ria Formosa», considera o autarca reeleito.

Acabar de vez com problemas sérios que afetam a freguesia é aliás a meta de Steven Sousa Piedade, que elege como outra grande prioridade para o seu último mandato à frente da Junta, o ordenamento do estacionamento automóvel nas imediações de Montenegro.

«É preciso implementar a regulamentação de estacionamento para os residentes nas zonas circundantes ao aeroporto», frisou, para defender a criação de um parque destinado aos trabalhadores da empresa aeroportuária, nos terrenos adjacentes à aerogare.

Assegurando que nos próximos quatro anos não abdicará de princípios essenciais como o rigor nas contas e a gestão cuidadosa, a par da proximidade à população, Steven Sousa Piedade mantém também a sua disponibilidade para continuar a assumir competências na área da manutenção e pavimentação de caminhos e artérias da Freguesia, tendo afirmado que irá continuar a trabalhar no sentido de reduzir a velocidade rodoviária na zona urbana.

Durante a cerimónia Steven Sousa Piedade reclamou ainda, e mais uma vez, a necessidade de serem criadas condições para a instalação de um posto da GNR na Freguesia e garantiu que irá manter o apoio ao associativismo e à realização de mais provas desportivas, tendo pedido a Rogério Bacalhau que concretize a construção do Pavilhão Desportivo de Montenegro.

Alargar as ações no âmbito da política social, nomeadamente os projetos «MontenegroSolidáro», «Loja Social», «Transporte Solidário» e «Junta Amiga», é outro objetivo do novo executivo que, desta forma, pretende alcançar posição na primeira linha de apoio às famílias afetadas por fenómenos como o desemprego, a pobreza e a exclusão.

Assembleia de Freguesia de Montenegro dá posse a novo executivo eleito por maioria

A Assembleia de Freguesia de Montenegro empossou na segunda-feira, 16 de outubro, os novos vogais da Junta de Freguesia (JF) e os membros da Mesa da Assembleia de Freguesia, eleitos por escrutínio secreto durante a primeira reunião deste órgão deliberativo presidido por Steven Sousa Piedade.

Ana Paula Machado é a nova Presidente da Mesa da Assembleia de Freguesia, composta ainda por Vera Faísca – 1ª secretária, João Geraldes – 2º secretário, Rui Fernandes, Filipe Alexandre, Marco Gouveia, António Miranda, Bruno Pinto, Adelaide Martins, Fernando Domingos, Cláudio Correia, Catarina Marques e Luís Veiga.

A lista única para os novos membros da Mesa da Assembleia de Freguesia, apresentada a votação pelo deputado Rui Fernandes, foi aprovada por maioria com sete votos a favor, cinco abstenções e um voto nulo.

A primeira reunião da Assembleia de Freguesia para o quadriénio
2017-2021 visou ainda a instalação e tomada de posse dos vogais da Junta de Freguesia, tendo sido eleitos Marco Gouveia, Bruno Pinto, Vera Faísca, João Geraldes e Cláudio Correia.

Apresentada pelo deputado Nuno Grade, a lista foi aprovada por maioria com sete votos a favor, cinco abstenções e um voto nulo.

Depois de declarada a instalação da Junta de Freguesia e da Mesa da Assembleia de Freguesia, Steven Sousa Piedade garantiu que este executivo reúne todas as condições para desempenhar a missão a que se propôs durante os próximos quatro anos em prol do desenvolvimento de Montenegro, freguesia que pretende alcançar uma notoriedade cada vez maior no contexto municipal e regional.

Categorias
Política


Relacionado com: