Rio e Santana dividem apoios no Algarve

Carlos Silva e Sousa é o mandatário da campanha de Santana Lopes, enquanto Francisco Amaral é de Rui Rio.

Rui Rio esteve no Algarve para uma sessão com os militantes, no sábado, 4 de novembro, reunindo duas centenas de pessoas na sede do PSD de Loulé. Num modelo diferente, Santana Lopes deslocou-se a Faro, no dia 7, para um encontro à porta fechada com as estruturas locais convidadas. Só mais tarde será divulgada a data em que retornará à região para uma sessão com os militantes.

O certo é que ambos são os candidatos à presidência do Partido Social Democrata (PSD), mas apenas um será eleito nas diretas marcadas pelo Conselho Nacional para 13 de janeiro. Os apoios dividem-se, mas é Santana Lopes que reúne a simpatia da maioria dos representantes das estruturas políticas no Algarve. Conforme apurou o «barlavento», estão ao lado deste candidato o presidente da distrital do PSD David Santos, Carlos Gouveia Martins, líder da Juventude Social Democrata (JSD) do Algarve, e Luiz Trindade, que representa os Trabalhadores Sociais Democratas (TSD).

Contactado pelo «barlavento», David Santos esclareceu que apoia Santana, porque considera ser «aquele que tem mais condições para ser presidente do Partido e, por conseguinte, primeiro-ministro. Tem uma experiência mais rica. Além de ter sido presidente de Câmara como o Rui Rio, foi primeiro-ministro, ministro, secretário de Estado, estando há alguns anos a exercer uma função na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, sem qualquer reparo».

Por outro lado, para o líder desta distrital, terá, neste momento, «aquilo que o país e o partido precisam». Ou seja, «alguém que saiba ouvir os militantes e depois decidir, uma pessoa mais aberta, até à questão dos afetos eventualmente», admitiu ao «barlavento», ainda que não tire o mérito ao adversário Rui Rio. Ainda assim, David Santos não avalia estes apoios pessoais dos representantes das estruturas como uma vitória segura, pois «cada militante representa um voto».

Manifestando também o apoio, Carlos Gouveia Martins destacou que o partido «precisa de quem tenha a coragem de sair de qualquer área de conforto, a qualquer momento, colocando sempre o país e o Partido acima dos interesses pessoais». A Comissão de Honra é presidida pelo presidente de Câmara de Faro Rogério Bacalhau, enquanto o mandatário distrital da campanha será o autarca de Albufeira Carlos Silva e Sousa. No jantar com Santana estiveram os elementos da Comissão de Honra Rui André, Luís Gomes, Conceição Cabrita, Joaquim Piscarreta, Valentim Rosado e Justino Ramos, e até José Nobre Furtado.

Já no caso de Rui Rio, o mandatário é o autarca de Castro Marim Francisco Amaral, que esteve na sessão no sábado assim como Cristóvão Norte, Desidério Silva, Macário Correia e Bruno Sousa Costa, diretor regional de campanha de Rui Rio. Também ao «barlavento» Rui Cristina explicou que esteve na sessão como anfitrião e presidente da estrutura local do PSD, pois este é um órgão isento, com portas abertas a ambos os candidatos.

Categorias
Política


Relacionado com: