PSD inicia plataforma «Pensar Portimão»

Carlos Gouveia Martins.

A Comissão Política Concelhia de Portimão do Partido Social Democrata (PSD) estruturará ideias sobre as áreas consideradas estratégicas para o município, selecionadas nos recentes meses de mandato, numa plataforma de trabalho intitulada «Pensar Portimão».

As propostas são da autoria da estrutura política, mas contam com contributos dos militantes e dos simpatizantes portimonenses. Numa fase posterior, o PSD de Portimão quer promover o debate com especialistas. Para já, a plataforma será iniciada com quatro temas em simultâneo, como é o caso da educação, economia do mar, turismo e mobilidade, sendo que cada um terá um coordenador.

Assim, no que toca à educação, como exemplificou Carlos Gouveia Martins, presidente do PSD de Portimão, a estrutura ouvirá todas as associações de pais e associações de estudantes, nesta fase com colaboração da JSD, para poder inventariar as preocupações prementes e conhecer a fundo as preocupações das famílias e dos alunos. Numa segunda fase, pedirá audiências às direções dos agrupamentos de escolas para debater toda a informação recolhida de pais e alunos.

A Concelhia já dirigiu uma missiva ao Coordenador do Conselho Estratégico Nacional do PSD David Justino, para presidir à terceira e última fase que se baseia numa sessão pública de discussão sobre as conclusões da área da Educação, em data ainda a assinalar.

O processo será replicado nas restantes áreas. Quando ainda faltam três anos para o novo processo autárquico de 2021, o PSD de Portimão começa a prepará-lo ao estruturar contributos junto da sociedade civil e das diversas entidades para, de forma positiva e pro-ativa, preparar uma alternativa que possibilite uma escolha ampla dos portimonenses quando chamados a escolher e decidir qual o melhor projeto político.

Carlos Gouveia Martins considera que «os processos autárquicos iniciam-se no dia imediatamente após as eleições e Portimão sabe que o PSD fê-lo desde 2 de outubro de 2017. Temos vindo a trabalhar muito e bem, no terreno junto dos munícipes, mas também de forma acutilante e construtiva nas três freguesias, na Assembleia Municipal e nas reuniões de executivo onde temos o nosso vereador».

Categorias
Política


Relacionado com: