PS de VRSA «pugna pela verdade»

O Partido Socialista (PS) de Vila Real de Santo António (VRSA) acusa a maioria PSD na Câmara Municipal de ter reprovado a proposta do PS para a realização de uma auditoria da gestão do município que abrangia os mandatos do anterior presidente e o último mandato socialista que terminou em 2005. O PS quis saber como foi gerida a autarquia, identificar os erros cometidos, evitar a sua repetição e apurar as responsabilidades. O PS considera que «quando a atual presidente (Conceição Cabrita) entrou para a autarquia, em 2005, a Câmara Municipal de VRSA devia 7,8 milhões de euros e em 2017, 78,2 milhões ao que acresce ainda o valor da dívida da SGU que ascende a 77,5 milhões. O que totaliza 155,7 milhões de euros em dívida acumulada. Serão os cidadãos com os seus impostos e taxas, que a irão pagar». O PS de VRSA considera que «quem não deve não teme. Por isso o PS não deixará de pugnar pela verdade».

Categorias
Política


Relacionado com: