Maria Joaquina Matos quer Afirmar Lagos Sempre

Apresentação da candidatura conta com a presença da coordenadora autárquica nacional do PS, de figuras do Governo e de deputados socialistas à Assembleia da República, eleitos pelo círculo eleitoral de Faro.

É já na próxima sexta-feira, dia 4 de agosto, pelas 18 horas, no Parque da Cidade – Anel Verde, que a Concelhia de Lagos do Partido Socialista apresentará os seus cabeças-de-lista às próximas eleições autárquicas de 1 de outubro.

Maria Joaquina Matos, atual presidente, lidera a lista para a Câmara Municipal e Paulo Morgado permanece em primeiro lugar para a Assembleia Municipal. Carlos Saúde – Freguesia de São Gonçalo de Lagos, Carlos Fonseca – Freguesia de Odiáxere e Duarte Rio – União das Freguesias de Bensafrim e Barão de São João continuam como cabeças-de-lista para estes órgãos autárquicos. A Freguesia da Luz tem João Reis, atual presidente do ABC os Espichenses, como novo candidato.

A apresentação contará com presença de Maria da Luz Rosinha, coordenadora autárquica nacional do PS, José Apolinário, secretário de Estado das Pescas, Miguel Freitas, secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural e de vários deputados socialistas à Assembleia da República, eleitos pelo círculo eleitoral de Faro.

Atingido o equilíbrio financeiro da autarquia, as propostas socialistas têm como grande desígnio Afirmar Lagos Sempre, enquanto concelho de excelência para viver, trabalhar, visitar ou para investir. Para Maria Joaquina Matos, que agora se recandidata, «o próximo mandato será marcado pelo reforço da coesão social e territorial, desde logo garantindo que todos têm acesso à habitação em condições suportáveis, à educação universal como um direito – e para isso reforçaremos o investimento no parque escolar municipal. Mas também será um mandato em que reforçaremos a identidade histórica e cultural do concelho, protegendo, valorizando e qualificando o património cultural existente (a rede museológica municipal e as muralhas da cidade de Lagos merecerão especial destaque) e o património natural (Ponta da Piedade, por exemplo). Contudo, nos tempos em que vivemos, não poderemos também deixar de olhar para a sustentabilidade ambiental, apostando fortemente em áreas como a mobilidade e eficiência energética e reforçando a qualidade ambiental do Município».

Categorias
Política


Relacionado com: