Bloco de Esquerda protesta pela segurança na zona ribeirinha de Portimão

O deputado do Bloco de Esquerda João Vasconcelos lidera hoje, às 18 horas, uma ação de protesto na zona ribeirinha de Portimão, junto ao Coreto (próximo da Casa Inglesa), «pela segurança dos portimonenses e para alertar o poder local a agir, com urgência, antes do verão que se aproxima».

O Bloco de Esquerda «vem reclamando e apresentando propostas através dos seus eleitos nos órgãos autárquicos, para que a Câmara Municipal de Portimão fizesse todas as diligências para a colocação de uma proteção ao longo de toda a zona ribeirinha fronteira com o rio Arade, desde o Clube Naval até à zona da ponte ferroviária», lê-se na convocatória enviada à imprensa.

«Trata-se de uma área frequentada por milhares de pessoas, incluindo crianças, durante todo o ano e, muito em particular, durante os meses de verão. E os acidentes podiam e podem acontecer a qualquer altura. Mas os responsáveis dos vários Executivos da Câmara nada fizeram, preferindo gastar o dinheiro em foguetórios e noutro tipo de despesismos descontrolados, atirando a Câmara para uma situação de endividamento insustentável», sublinha o Bloco de Esquerda de Portimão.

«O atual executivo PS, em aliança com o PSD, resolveu prosseguir o mesmo rumo dos executivos anteriores, continuou a manter os impostos municipais à taxa máxima e agora que já recebeu alguns milhões para pagar as dívidas à banca, lançou um programa de obras alucinante por toda a cidade, visto as eleições autárquicas se encontrarem à porta. Então também pode puxar mais uns cordões à bolsa e investir na segurança dos Portimonenses, antes que mais acidentes deste tipo ocorram. Com efeito, há algum tempo atrás, um jovem caiu ao rio Arade e morreu afogado. Se houvesse uma proteção devida, muito provavelmente ter-se-ia evitado esta tragédia. Não queremos que mais tragédias destas ocorram por falta de proteção adequada ao longo da zona ribeirinha», argumenta ainda esta força partidária.

Categorias
Política


Relacionado com: