António Costa encerra Jornadas Parlamentares do PS em Portimão

Secretário-geral do PS estará no concelho para fechar a iniciativa que há mais de 10 anos não passa pela região.

O Algarve volta a ser a casa de mais uma edição das Jornadas Parlamentares do Partido Socialista (PS), a nível nacional, depois de mais de uma década sem a presença da iniciativa política no território algarvio.

Ao que o «barlavento» apurou, a proposta partiu de Luís Graça, presidente da Federação do PS do Algarve, ao Grupo Parlamentar solicitando que esta sessão seja realizada na região.

Haverá ainda espaço para a visita dos deputados a todos os concelhos algarvios, sendo que, na agenda de trabalhos constam temas como o turismo, a inovação e conhecimento e o Orçamento de Estado (OE) para 2019. Ainda para mais, porque as Jornadas estão agendadas para os dias 23, 24 e 25 de novembro, altura que precede à aprovação deste documento que gere os dinheiros nacionais.

Segundo uma fonte do partido revelou ao «barlavento», os deputados farão um périplo por todos os concelhos algarvios. Monchique, por ter sido o principal afetado pelo incêndio de agosto, que lavrou durante uma semana e consumiu 27 mil hectares deste município e dos concelhos de Odemira, Portimão e Silves, merecerá um programa especial por parte desta comitiva.

O programa dos três dias, encerrará com a deslocação do secretário-geral do PS, e também primeiro-ministro a Portimão, para um almoço convívio, num restaurante da cidade com capacidade para receber todos os militantes, simpatizantes e amigos daquela força política.

Estará ainda prevista a visita a Olhão de Carlos César, presidente do Partido Socialista, que no ano passado teceu fortes críticas ao Partido Social Democrata (PSD) e ao Bloco de Esquerda (BE) por estes terem escolhido o Algarve para realizar as suas Jornadas Parlamentares, «ao sol», enquanto o PS escolhia Bragança, por ser no interior, longe dos decisores políticos.

Segundo outra fonte do PS ouvida pelo «barlavento», haverá ainda uma chamada de atenção para alguns dos temas que têm vindo a ser alvo de queixas dos algarvios, como é o caso das portagens na A22 e da Estrada Nacional 125, ainda que estes não sejam o principal mote das Jornadas.

Categorias
Política


Relacionado com: