Estamos ligados ao oceano!

«De mãos ao ar», imagem da autoria de Ana Pereira Mateus, submetida à 4ª Edição do Concurso de Fotografia «A Água pelos meus Olhos», organizado pela Águas do Algarve no primeiro semestre de 2017.

O consenso acerca da necessidade de proteção da saúde ambiental dos oceanos já é uma realidade de âmbito mundial, dada a ameaça eminente de danos irreversíveis nos ecossistemas. Esta problemática não é alheia à Águas do Algarve, empresa responsável na região por duas áreas fundamentais à saúde e ao bem-estar das populações – o abastecimento de água para consumo humano e o tratamento de águas residuais urbanas. Para nós, o futuro do mar, e a sua conservação e uso sustentável tem vindo a ser matéria de reflexão e de intervenção ativa. Isto porque a Educação para os Oceanos é uma componente indissociável da nossa Comunicação, e do nosso próprio quotidiano.

Por um lado, a elevada qualidade final das águas residuais que tratamos, permite-nos, orgulhosamente, afirmar que contribuímos de forma inquestionável, para a existência e manutenção das Bandeiras Azuis nas nossas praias.

Por outro, estimulamos a participação empenhada dos colaboradores nas suas tarefas e consequente melhoria do ambiente. Ao nível externo, promovemos as ações de sensibilização «pensadas» considerando esta temática. Falamos por exemplo dos concursos de fotografia e das iniciativas dirigidas à comunidade escolar. Neste âmbito, despertam especial interesse as visitas técnicas às nossas infraestruturas com intervenções na vertente das águas do mar.

Mas queremos ir mais longe. A destacar temos a criação recente no site institucional da empresa, de uma área informativa, em contínua atualização, dirigida a todas as idades. Para já, contém sete temáticas, que poderão ser um recurso para professores e educadores, com infografias de grande impacto, que as escolas e os alunos podem utilizar nos seus estudos, de forma muito facilitada e real. Em breve teremos mais novidades e conteúdos disponíveis.

Além das nossas atividades, não podemos descurar, também de grande importância para a região, a construção e desenvolvimento de parcerias com entidades regionais e nacionais, como sejam o projeto educativo «Água Jovem»; «Olha a Água que Gira»; Semana da Ria Formosa, Semana do Voluntariado Ambiental, projetos de elevado valor e mérito já reconhecido que abordam com generosa profundidade esta temática.
Na Águas do Algarve, e na nossa área de responsabilidade, procuramos ser agentes interventivos, incentivando uma mudança de valores e comportamentos que sejam acima de tudo críticos e com base na reflexão conscienciosa acerca do desenvolvimento sustentável dentro e fora do ambiente de trabalho.

Estamos conscientes do nosso papel em contribuir de forma contínua e ativa na formação de consumidores refletivos e responsáveis na adoção de práticas ambientalmente adequadas, no caso presente, na preservação dos oceanos. Não nos podemos alhear de que estes, juntamente com os recursos costeiros e marinhos, desempenham um papel essencial no bem-estar das populações e no desenvolvimento económico e social de qualquer país, e nós não somos, obviamente, exceção!

O Algarve, constituído por 16 magníficos concelhos, todos eles com características distintas, e de inegável riqueza e com diferenciado património cultural, desde a inigualável gastronomia, clima, paisagem, as suas gentes. Somos ainda agraciados por uma costa que se reparte entre magnânimas falésias, grutas, praias rochosas, extensos areais, ao longo de aproximadamente 200 quilómetros. Considerando esse facto, é fundamental uma contínua aposta na vertente educacional de forma a consciencializar as novas gerações.

Há uma questão premente, e de relevância que se prende com a necessidade de se começar a abordar a questão de como a nossa sociedade percebe o mar e o oceano. Não sendo uma matéria fácil, é necessário mudarmos o paradigma dos nossos comportamentos, visando uma harmonia entre a preservação e respeito à natureza versus o desenvolvimento económico.

A vastidão do seu «abraço» e de tudo o que este nos dá é tal, que não podemos ficar indiferentes à proteção das suas águas, e da vida que sustenta. Afinal, todos estamos ligados ao oceano!

Teresa Fernandes | Responsável pela Comunicação e Educação Ambiental da Águas do Algarve, SA.

Categorias
Opinião


Relacionado com: