Vale do Lobo é o primeiro smart resort do mundo

José Miguel, presidente da Infralobo, apresentou a nova plataforma de gestão do resort de Vale do Lobo, como «um projeto diferenciador, eficiente e mais próximo dos nossos clientes», na quarta-feira, 1 de março.

«A plataforma que hoje lançamos é apenas o início de um caminho que tem vindo a ser percorrido há mais de um ano», sublinhou José Miguel, responsável pela empresa que gere os espaços verdes e higiene urbana, e ainda pelo saneamento básico e abastecimento de água e todos os resíduos sólidos de mais de 2700 clientes, no resort Vale do Lobo, no concelho de Loulé. Batizada «Infralobo smart management» é uma ferramenta que cruza dados sobre os vários domínios da empresa, em tempo real.

Adriana Ferreira, responsável pela sala de operações onde toda a informação é monitorizada, explica que esta nova «plataforma de ocorrências» centraliza informação sobre cinco áreas específicas: iluminação, sinalética, jardins, infraestruturas e resíduos.

Ao registar a ocorrência na plataforma, o utilizador apenas necessita inserir o seu nome e um contacto, fazer uma pequena descrição da ocorrência ou simplesmente tirar uma foto e submetê-la.
Isto facilita «todo o processo de reporte e tratamento da ocorrência». Antigamente, a duração média de resolução de ocorrências era de 10 a 20 dias. «Agora pretendemos reduzir para metade ou menos o tempo de resolução da situação. Depois de receber a informação, analiso, faço uma triagem para o departamento que deve prosseguir, valido e encaminho», explicou Ferreira.

José Miguel explicou que já está «implementada uma gestão de frota que permite uma melhor coordenação e afetação dos recursos a nosso dispor, um sistema de telemetria integral no nosso território que irá reduzir perdas e desvios [de água] e irá dar aos nossos clientes a possibilidade de fazerem as suas gestões caseiras dos consumos». Agora para «fechar o ciclo, lançamos esta aplicação de gestão de ocorrências. É para mim um orgulho e não tenho dúvidas que 1 de março de 2017 é um dos dias mais importantes na história da Infralobo».

No entanto, o sucesso deste investimento irá em muito depender da «adesão dos clientes, colaboradores e amigos. Ajudem-nos a garantir que esta solução é o futuro».

O novo edifício onde se insere a Smart Room (centro de controlo) a partir de onde serão coordenadas todas as operações da plataforma foi inaugurado em junho de 2016.Permite ainda «controlar toda a frota» de veículos da Infralobo em parâmetros como as distâncias percorridas, percursos e atual localização em tempo real. «Se ocorrer alguma situação podemos contactar diretamente a viatura mais próxima».

Na apresentação estiveram presentes Miguel Freitas, primeiro secretário da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) e Vítor Aleixo, presidente da Câmara Municipal de Loulé.

Categorias
Inovação


Relacionado com: