Portimão acolhe a European Maker Week e dá a conhecer este movimento na região

i3Saleiro, uma impressora 3D melhorada a partir do modelo open source Prusa i3.

No sábado, 4 de junho, Portimão volta a ser ponto de encontro para gente empreendedora e com capacidade de inovação, ao acolher o Algarve Maker Show um dos mais de 450 eventos que se realizam em cidades de 28 países europeus no âmbito da European Maker Week, uma iniciativa da Comissão Europeia e do Startup Europe que visa divulgar o movimento maker entre a população.

O Algarve Maker Show contará com a presença de vários algarvios que, aqui irão apresentar, a pequenos e graúdos, as suas invenções criativas em áreas tão variadas como impressão 3D, robótica, eletrónica, fabricação digital, arte, ciência e tecnologia.

Das 14h00 às 19h00, na zona ribeirinha de Portimão (junto ao coreto) será possível não só observar e interagir com os projetos em exposição, como também com os seus criadores que irão partilhar com os visitantes o processo de criação dos mesmos.

Alguns dos projetos que estarão em exibição foram já premiados em alguns concursos internacionais e nas duas edições anteriores da Lisbon Maker Faire, que se realizará novamente este ano dias 25 e 26 de Junho, no Pavilhão do Conhecimento em Lisboa.

Esta iniciativa pretende dar a conhecer o movimento maker à população, não só através da exposição de projetos, como também através da realização de uma tertúlia acerca do tema que terá lugar entre as 16h30 e as 18h00 na Casa Manuel Teixeira Gomes com a participação de dois makers distinguidos na última edição da Lisbon Maker Faire com a distinção Maker of Merit.

Mário Saleiro irá abordar «O movimento maker no mundo, em Portugal e no Algarve» e falar sobre a origem do movimento maker, quem são os makers, o que fazem e porque o fazem, fazendo também uma análise do estado atual do movimento Maker no mundo, em Portugal e no Algarve, uma região com características únicas e cuja comunidade maker cresce de dia para dia.

«Maker desde pequenino», doutorando em Engenharia Informática na Universidade do Algarve, Mário Saleiro é natural de Portimão e é um dos fundadores e atuais diretores do eLab Hackerspace (http://www.elab-hackerspace.org), um laboratório comunitário de prototipagem, fabricação digital e partilha de conhecimento, sediado no Campus Empresarial de Gambelas; um dos curadores da Lisbon Maker Faire (http://makerfairelisbon.com/) e autor do blog The BiT Bang Theory (http://www.thebitbangtheory.com).

«Rumo a um laboratório de software e hardware aberto» será o mote para uma conversa com Fernando Cánovas, veterinário, formado na Universidade de Murcia e atualmente investigador no Centro de Ciências do Mar da Universidade do Algarve, que irá falar acerca do seu percurso como maker na tentativa de criar um laboratório apenas composto por equipamento Open Hardware e software Open Source e que levou um veterinário a mexer em eletrónica e impressão 3D, desmistificando a ideia de que para se ser um maker é necessário ter formação em áreas tecnológicas como a eletrónica, informática ou mecânica.

O movimento maker está atualmente em expansão pelo mundo inteiro e é muitas vezes apelidado de «A Nova Revolução Industrial», pois consiste na passagem da capacidade de criação, inovação e produção das grandes empresas para a população em geral.

Os makers são indivíduos que tiram partido da sua criatividade, do seu conhecimento técnico e das novas tecnologias de fabricação digital (impressão 3D, maquinação CNC, outras) para inovar, criando soluções inovadoras que têm vindo a mudar o mundo tal como o conhecemos. Para além de todo este processo de criação e inovação, os makers possuem ainda outra característica muito importante: a vontade e disponibilidade de partilhar conhecimentos, processos e até ferramentas para criação de comunidades. Naturalmente, este movimento está também intrinsecamente ligado ao empreendedorismo, resultando muitas das inovações na criação de diversas empresas por todo o mundo.

A European Maker Week é uma iniciativa da Comissão Europeia e da Startup Europe e pretende ser uma celebração de makers e inovadores de toda a Europa, com o objectivo de atrair os cidadãos para o «Mundo dos Makers», Fablabs, Hackerspaces, Makerspaces e Ecossistema de Startups de Hardware.

Outros objetivos passam por sensibilizar para a importância da cultura maker para promover uma educação recheada de criatividade e inovação por toda a Europa e também por criar pontes entre as autoridades e media locais aos ecossistemas maker locais.

O evento Algarve Maker Show realiza-se no âmbito da European Maker Week e tem como organizadores locais o eLab Hackerspace, de Faro em parceria com a Câmara Municipal de Portimão, contando ainda com o apoio da Socialgar Mediação de Seguros Lda e a nível de divulgação, a parceria do Sul Informação, bem como a colaboração dos alunos do Curso de Multimédia da Escola Secundária Poeta António Aleixo a nível de cobertura fotográfica.

Categorias
Inovação


Relacionado com: