Sociedade Portuguesa de Genética Humana distingue investigadora da UAlg

Ana Fernandes, investigadora do grupo de Genómica Funcional do Cancro, liderado por Ana Teresa Maia do Centro de Investigação em Biomedicina (CBMR) da UAlg, acaba de ser distinguida com o «Prémio de Investigação Básica», atribuído anualmente pela Sociedade Portuguesa de Genética Humana, ao melhor trabalho na área da genética humana.

A distinção visa, assim, premiar a comunicação «miRNA-mediated cis-regulation in breast cancer susceptibility», apresentada, no passado dia 17 de novembro, no 21º Encontro Anual da Sociedade Portuguesa de Genética Humana.

Na comunicação em causa a investigadora abordou a contribuição das variantes genéticas cis-reguladoras, que afetam a regulação de microARNs, para o cancro da mama.

Para a investigadora esta distinção reveste-se de especial importância uma vez que, como destaca, «receber este prémio é não só um reconhecimento do trabalho efetuado durante o último ano, mas também da qualidade da investigação efetuada no CBMR».

Categorias
Ciência


Relacionado com: