AMAL lança fórum internacional de mobilidade em maio

O evento «Next.Mov – SmartRegion Summit» juntará várias vertentes da mobilidade, transportes amigos do ambiente, viaturas elétricas e soluções de gestão autárquica inteligentes no Autódromo Internacional do Algarve.

Com um investimento de 25 milhões de euros no horizonte para projetos que inovem a mobilidade urbana, transportes públicos e governação digital, a Comunidade Intermunicipal do Algarve (CI-AMAL) está a organizar um fórum para dar a conhecer algumas das ofertas de serviços e equipamentos que hoje estão disponíveis no mercado. A ideia é mostrar algumas das soluções que a região poderá vir a beneficiar até 2020, e sensibilizar entidades oficiais e público. Assim, o «Next.Mov – SmartRegion Summit» está agendado para 18 e 19 de maio no Autódromo Internacional do Algarve (AIA). Terá um espaço para exposições (showroom) com a presença de empresas e entidades com mais representatividade no sector em Portugal.

A previsão é ter entre 40 a 50 expositores. Está a ser equacionada a possibilidade de os visitantes realizarem test drives nos vários veículos elétricos presentes. Outro atrativo é um programa de debates e painéis temáticos, a acontecer ao longo dos dois dias.

Esta iniciativa será coordenada em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, com o apoio das autarquias, em particular da Câmara Municipal de Portimão, comportando uma área profissional muito vocacionada para os municípios.

A organização está a equacionar a participação de operadores turísticos, e também de ONG ligadas ao ambiente, para participarem numa mostra sobre «Cycling & Walking» na região. Haverá um evento principal de debate sobre «Sistemas inteligentes para uma mobilidade urbana sustentável», em formato de três painéis de 1h30, com intervenientes regionais, nacionais e internacionais, convidados pela AMAL, e um encontro sobre «Mobilidade Elétrica».

No que toca à educação, está previsto um «Encontro Nacional de Ensino Tecnológico», para envolver a rede de escolas secundárias e o IEFP, além de um espaço para as universidades mostrarem a oferta formativa e projetos de investigação em curso. A Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) e o Centro Regional de Inovação do Algarve (CRIA) da Universidade do Algarve vão estar a cargo do espaço «start-up».

Deverá haver um espaço, denominado «Algarve Smart Region», com a forte participação dos municípios, de agências e empresas públicas e privadas da região. Prevê-se entre 1500 e 2000 participantes (metade dos quais vindos de fora da região) por dia. A iniciativa terá entrada livre. O programa está em atualização em http://www.smartregion.pt/nextmov/

Categorias
Ambiente


Relacionado com: