AMAL arranca projeto de combate às alterações climáticas no Algarve

A AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve aprovou a realização do primeiro plano que junta municípios e entidades públicas, não só de âmbito regional, mas também nacional, com o objetivo de fazer frente às alterações climáticas na região sul do país.

Esta iniciativa vai obrigar a um investimento superior a 470 mil euros e surge após a candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos, num projeto que conta também com o apoio financeiro dos municípios algarvios.

O Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas estará concluído no final de 2018 e junta responsáveis universitários, autarcas e técnicos de instituições públicas, que vão reunir conhecimentos, ideias e propostas para combater situações como a seca.

Na segunda-feira, 27 de novembro, a partir das 10h30, vai realizar-se, na sede da AMAL, o primeiro encontro sobre o tema que reúne, ao longo de todo o dia, os principais interessados neste projeto para discutirem as projeções climáticas para o território abrangido pelo plano e os impactos decorrentes dessas projeções para as diferentes vulnerabilidades.

O Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas será coordenado por Filipe Duarte Santos, considerado um dos maiores especialistas portugueses na área das alterações climáticas, e elaborado pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Universidade do Algarve e pela Action Modulers – Consulting Tecnology, Lda.

Categorias
Ambiente


Relacionado com: