Estatuto editorial

  1. O barlavento, consciente do valor da imprensa na informação-formação, utilizará com rigor e verdade esse binómio.
  2. Declara-se, dentro da linha de princípios das publicações de natureza informativa regional, independente do poder político e do poder económico, apartidário e isento de credos.
  3. No exercício da crítica, teremos sempre presente o limite imposto pela deontologia e ética profissional, na base do qual nos devemos tratar uns aos outros sem discriminação.
  4. O material a publicar e a sua respectiva paginação deve obedecer a critérios de importância e nunca subordinar-se a questões ideológicas ou de ordem afectiva de quem escreve ou pagina.
  5. Assuntos de ordem íntima devem ser considerados do foro pessoal, recusando-se o sensacionalismo, que põe em perigo o jornalismo de site qualidade que se pretende imprimir.
  6. Hoje e sempre, barlavento está consciente que deve cumprir a informação com verdade, usando a boa-fé e o respeito que os seus leitores lhe merecem.