UAlg confirma excelência na área do Mar

“A visibilidade do trabalho que se faz na UAlg, nesta grande área do mar, é extraordinária” afirmou António Branco, Reitor da Universidade do Algarve, durante a sua visita ao...

“A visibilidade do trabalho que se faz na UAlg, nesta grande área do mar, é extraordinária” afirmou António Branco, Reitor da Universidade do Algarve, durante a sua visita ao Blue Business Forum, inserido na Blue Week, evento que termina este sábado, 6 de junho, na Feira Internacional de Lisboa (FIL).

A participação da Academia algarvia neste evento, estratégico para debater a relação do País com o Mar, marcou a diferença ao apresentar-se numa grande área expositiva, superior a 200m2, com as suas principais valências neste domínio. Segundo o Reitor, esta presença é “dirigida, sobretudo, à relação da UAlg com a comunidade” já que, num único stand, podia conhecer-se a oferta formativa e as principais competências ao nível da investigação científica, da transferência de tecnologia e empreendedorismo, dedicadas ao Mar.

A difusão dos resultados e das atividades e a criação de contactos para futuras parcerias são alguns dos pontos que levam os vários responsáveis pelos centros de investigação da UAlg a fazerem um balanço positivo da sua presença no Blue Business Forum.

Para Adelino Canário, coordenador do Centro de Ciências do Mar (CCMAR) da UAlg, a participação neste evento “é importante por uma questão estratégica da própria instituição”, pois acredita que existe a oportunidade de se mostrar o que se faz e que “há sempre a possibilidade de se encontrarem parcerias inesperadas.”

Já Nuno Bicho, coordenador do Interdisciplinary Center of Archaeology and Evolution of Human Behaviour (ICArEHB) da Universidade do Algarve, garante que o centro teve alguns contactos “no sentido de criar ligações e trabalhos com empresas estrangeiras, nomeadamente espanholas, na área da arqueologia subaquática.” Este centro de investigação também recebeu a visita do vice-cônsul da Namíbia, interessado na “possibilidade de trabalho conjunto.”

Também as várias spin-offs e start-ups, apoiadas pela Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia da UAlg (CRIA), que estiveram presentes no certame, consideram que o evento é uma mais-valia para poderem mostrar o seu trabalho e estabelecer contactos, especialmente com o meio empresarial.

Paulo Pedro, responsável pela Caviar Portugal, uma das start-ups vencedoras do concurso “Ideias em Caixa 2010” da UAlg, acredita que a Blue Week “é uma forma de nos mostrarmos e contactarmos quer com fornecedores, quer com potenciais clientes.”

Por sua vez, Cristiano Soares, sócio-gerente da MarSensing – Tecnologias Marinhas e Acústica Submarina, uma das spin-offs presentes, considera importante que este evento “se repita regularmente” para que a feira se possa estabelecer e tornar-se num evento de renome.

Durante o Blue Business Forum, o stand da UAlg recebeu diversas comitivas oficias, lideradas pelo Primeiro-Ministro, Pedro Passos Coelho, pelo Vice-Primeiro-Ministro, Paulo Portas, pela Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, e no último dia do certame, pelo Ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato.

Ao longo destes três dias, a Universidade do Algarve afirmou as suas potencialidades, mostrando que é uma verdadeira Universidade do Mar e dos Oceanos, à escala global.

Recorde-se que Universidade do Algarve fez-se representar no Blue Business Forum pelo Centro de Ciências do Mar (CCMAR), Centro de Investigação Tecnológica do Algarve (CINTAL), Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA), Centro Interdisciplinar de Arqueologia e Evolução do Comportamento Humano (ICArEHB), Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia (CRIA), Caviar Portugal, MarSensing – Tecnologias Marinhas e Acústica Submarina, GOBIUS – Comunicação e Ciência e MarAlgarve – Plataforma Mar do Algarve.

Categorias
Educação


Relacionado com: