Rádio Universitária do Algarve tem nova direção de antena

RUA FM promete reinventar-se com muitas novidades. Jornalista Fúlvia Almeida é a nova diretora de antena.
A jornalista Fúlvia Almeida é a nova diretora de antena da RUA FM.

Depois de uma década e meia de emissão, a Rádio Universitária do Algarve – RUA FM – ganhou uma maturidade que lhe permite agora entrar numa nova fase repleta de desafios. Com uma nova direção de antena, a RUA está a ser repensada tendo em vista uma reestruturação que lhe permita «reinventar-se» e atingir metas mais audaciosas.

«O projeto idealizado assenta sobretudo numa maior aproximação da rádio à comunidade académica e à região algarvia, através da oferta de novos conteúdos programáticos, destinados a captar a atenção e o interesse do público, e da formação e recrutamento de novos colaboradores, que tragam para a RUA a frescura e criatividade necessárias a uma rádio universitária», refere a jornalista Fúlvia Almeida, nova diretora de antena.

Reconhecida por várias instituições pelo seu valor e utilidade pública, a RUA tem tido desde sempre um importante papel quer a nível local e regional, quer a nível nacional. Com o intuito de reafirmar e reforçar esse papel, este ano a RUA tem como objetivos principais aumentar o número de parcerias com instituições públicas, associações culturais e desportivas e fazer crescer a sua audiência.

As principais novidades desta restruturação foram apresentadas ontem, dia 3 de maio, na Semana Académica da UAlg. A RUA passa a ter um novo logotipo, um videoclip promocional, que contempla também o hino da RUA, com as participações de Teresa Aleixo, Teresa da Silva, Realpunch, João Tiago (Nome) e das Tunas Feminis Ferventis e Versus Tuna.

A playlist da RUA passará a ter música mais atual e a divulgar novos talentos do Algarve. Continuará a ser dado espaço à música alternativa – ou seja fora do circuito comercial -, já que uma das missões que a RUA assume é a divulgação e promoção de novos projetos musicais, dando prioridade a bandas e artistas da região.

A RUA prima por conteúdos próprios e que a diferenciam de uma rádio estritamente comercial. Tem rubricas culturais e académicas, entrevistas de fundo, reportagens, blocos informativos e emite conferências e tertúlias na sua grelha. Para breve está também o regresso do programa de grande entrevista «Impressões» e uma nova rubrica «Destaques do Dia», com uma revista de imprensa e temas quentes da atualidade.

Além de procurar parceiros fora de portas, a RUA FM também aproveitará a “prata da casa” e os recursos da própria Academia. Um exemplo disso será o ciclo de reportagens «Frente e Verso», feitas por alunos do curso de Ciências de Comunicação, no âmbito da cadeira de Jornalismo Radiofónico, lecionada pelo jornalista e docente da UAlg, Mário Antunes.

André Botelheiro, diretor executivo da rádio e representante da UAlg neste órgão, defende que a RUA se tornou incontornável em Faro e no Algarve, dando espaço de divulgação e promoção às atividades culturais, desportivas, científicas e associativas, que diariamente polarizam na comunidade académica e no Algarve.

«A Rua FM não só não irá abandonar esta sua missão, que ao longo dos anos tem cumprido quase isoladamente no panorama radiofónico do sul do país, mas também irá fortalecer esta relação com a comunidade que a rodeia, em especial os mais jovens e com a já muito abrangente comunidade académica da UAlg, composta por atuais e antigos alunos, famílias, docentes e funcionários da academia algarvia. A RUA é definitivamente uma rádio made in UAlg e made in Algarve!»

Também Tatiana Palma, membro da Assembleia Geral da Associação Académica da UAlg e diretora de Conteúdos de Associativismo Académico considera que «a RUA ganhou um novo estatuto perto dos estudantes, uma nova presença, uma imagem mais dinâmica e mais viva, porque a rádio é isso mesmo, o nosso mundo de informação».

Fúlvia Almeida promete que «estas são apenas algumas mudanças a curto prazo», confidenciando que «existirão muitas mais, que serão introduzidas gradualmente».

Sobre a RUA

A Associação – Rádio Universitária do Algarve (RUA FM) foi fundada a 28 de novembro de 2002. É uma pessoa coletiva de direito privado sem fins lucrativo, que tem como membros associados e fundadores a Universidade do Algarve e a Associação Académica da UAlg, e mais recentemente os Serviços de Ação Social da UAlg.

A RUA FM tem como objeto principal o exercício da atividade de radiodifusão, bem como o de desenvolver e promover outras atividades, nomeadamente, nas áreas de comunicação social, cultural, desportiva e social, que levem à formação, ao debate de ideias e conhecimentos, à cooperação entre os membros, bem como à aproximação entre a vida académica e a população em geral.

Categorias
Educação


Relacionado com: