Victor Picardo investe na formação de cabeleireiro com nova Academia

80 convidados assistiram a um desfile arrojado, apresentado pela equipa artística, com o apoio dos criativos do grupo sob o mote «Tribal Trends».

O conhecido grupo de cabeleireiros algarvio inaugurou o novo espaço da Victor Picardo Academy Hairdressing School, em Portimão, a 23 de janeiro, com a apresentação da nova coleção.
«Tribal Trends» foi o conceito escolhido para o desfile e teve como objetivo a utilização de vários materiais, sem a utilização de extensões e postiços, sendo a inspiração os cortes bob, pixie e mullet cut dos anos 1970. Foi uma amostra, aos 80 convidados presentes, daquilo que o grupo faz de melhor e do que pode vir a ensinar aos formandos que optem por um dos cursos na nova academia.

Este foi o maior investimento do grupo a nível de educação. «Comecei com uma aposta na formação há 16 anos, que praticamente me levou à falência, porque todos» desconfiavam do que estava a fazer, contou o empresário Victor Picardo. «Tinham medo de enviar as cabeleireiras para aprender, pensando que eu poderia ficar com elas a trabalhar», explicou. No entanto, a filosofia era precisamente a contrária. «A ideia era completamente diferente e o objetivo era mesmo o de partilhar os conhecimentos», justificou. A persistência e a teimosia de acreditar na ideia de que «a única maneira da nossa indústria (cabeleireira) crescer é partilhando-a» concretiza agora este novo investimento global que ronda os 250 mil euros.

O grupo começou por instalar um salão em Lagos, chegando hoje a diversos pontos da região. Chegou a ter a academia a funcionar em Lagoa, mas a decisão de juntar os recursos num só espaço levou o empresário a decidir instalar tudo em Portimão. «Temos três empresas que trabalham em conjunto, a administrativa, a distribuição e comercialização dos produtos profissionais e a escola, credibilizada pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT). Por isso, tentamos juntar tudo numa só dinâmica», esclareceu.

A aceitação tem sido «excelente», segundo o empresário que dá a cara e o nome ao grupo, nunca tendo sido necessário «deixar de abrir um curso por falta de participantes», havendo ainda uma taxa de empregabilidade a rondar os 90 por cento. «Já formamos mais de 150 pessoas. Não damos garantia de emprego, mas como temos um bom nome no mercado, as pessoas vão buscá-los. Claro que nós também tentamos abrir as portas. Os formandos fazem um estágio nos nossos salões ou noutros», estando essa componente prática integrada «num curso de 18 meses», adiantou.
O segredo para o sucesso, na opinião de Victor Picardo, tem sido o espírito de equipa de todos os colaboradores, a busca por novas tendências, apostando em muitas viagens profissionais, mas também na partilha de conhecimentos.

«Este é um projeto que traz um grande espírito de partilha de conhecimentos, apoiando o desenvolvimento das pessoas para atingirem os padrões mais altos da nossa indústria. Criamos aqui uma academia inspiradora. Não só pelo espaço, mas pelo ambiente acolhedor». Por isso, e por apostarem na criatividade, participando e promovendo diversos desfiles, a nova academia conta com um palco, para simular um ambiente real. «Hoje existem também cabeleireiros formados por nós que são, talvez, os nossos maiores concorrentes, aos quais desejo muita sorte e por quem tenho muito respeito. É assim que queremos que a indústria cresça», resumiu, agradecendo ainda à equipa do grupo L’Oreal Portugal, e em particular à diretora nacional que assistiu à apresentação, por serem «inspiradores para o grupo Victor Picardo».

Quanto ao desfile, Victor Picardo referiu que a equipa artística, composta pelo empresário, Carlos Lucas e Sérgio Perdizeiro, tinha acabado de chegar de Las Vegas, nos Estados Unidos da América, onde foi buscar o mais fresco que há a nível de novidades. A criação para o desfile contou ainda com o apoio da equipa criativa.

Além do curso de 18 meses, a Academia apresenta ainda propostas para profissionais como «Academy Collections» (5 horas), «How to get the look» (tendências da atualidade – 4 horas), «Photo your model» (trabalhos editoriais e sessão fotográfica – 8 horas), «Colour perfect» (bases e princípios de colorimetria – 50 horas), «Just blondes» (técnicas de loiros – 8 horas), «Hair Up» (penteados de noivas e eventos – 4 horas), «One to one» (formações personalizadas) e «Perfect Business» (Ferramentas para gerir o salão de cabeleireiro – 8 horas). O grupo pretende, assim, marcar a existência de uma grande academia de cabeleireiros no sul do país, estando o novo espaço situado na Rotunda Salgueiro Maia, Edifício Coluna, perto da Escola Secundária Poeta António Aleixo.

Categorias
Economia


Relacionado com: