Apoios ao sector do vinho são para manter até 2023

O governo quer continuar a atual aposta no sector do vinho, segundo garantiu Luís Medeiros Vieira, na quinta-feira, em Faro, à margem da primeira edição do Simpósio Vitivinícola do Algarve.
A enóloga residente da Quinta dos Vales Marta Rosa recebeu os galardões «Prata» entregues por Luís Medeiros Vieira, secretário de Estado da Agricultura e Alimentação.

«Em termos de políticas públicas temos um pacote financeiro, na ordem dos 65 milhões de euros por ano, afetos ao sector do vinho. Está direcionado para a promoção, reestruturação da vinha, seguros agrícolas e para a modernização das nossa adegas. E vamos continuar. Até 2020 temos as verbas já alocadas, depois disto, ainda não conhecemos os montantes, porque isso está dependente da reforma da política agrícola comum pós-2020. No entanto, já temos o compromisso por parte da UE que este apoio ao sector é para continuar até 2023», garantiu Luís Medeiros Vieira, secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, em declarações ao «barlavento».

A aposta justifica-se porque «estas políticas associadas à determinação dos nossos empresários e vitivinicultores criou um sobressalto não só no mercado doméstico, mas também nos mercados internacionais, onde nos temos vindo a distinguir pela qualidade e diversidade», sublinhou o governante, à margem da primeira edição do Simpósio Vitivinícola do Algarve, que decorreu na quinta-feira, 11 de maio, na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, em Faro.

Luís Medeiros Vieira garantiu que este é «um sector promissor. Em 2016, o valor das exportações rondou os 724 milhões de euros, com um aumento de três por cento na UE. No primeiro trimestre deste ano, aumentaram 8,1 por cento, com um aumento para países terceiros de 26,5 por cento» sobretudo graças à recuperação de Angola e de outros mercados emergentes.

Carlos Garcias, presidente da direção da Comissão Vitivinícola do Algarve (CVA), entidade organizadora, mostrou-se satisfeito com o «sucesso e a participação» do evento que reuniu cerca de 150 pessoas. Em declarações ao «barlavento», adiantou uma novidade já para este verão.

«Temos prevista uma iniciativa promocional itinerante, à qual vamos chamar Sunset com os vinhos do Algarve. Vamos ter uma equipa volante nas praias, durante uma semana» na primeira quinzena de agosto ou de setembro. O calendário ainda não está fechado, e há várias hipóteses em relação ao formato: uma carrinha, uma roulote ou uma tenda, com música, ao final da tarde, «aproveitando aquela hora em que as pessoas regressam da praia» e um copo será um mimo simpático e bem-vindo. Garcias sublinhou que não será uma ação comercial, de venda ao público, mas de prova e degustação, até porque o papel da CVA é apenas a certificação e a divulgação dos vinhos. «Não promovemos marcas, nem produtores. Promovemos uma região e os seus produtos», esclareceu.

O Simpósio terminou com entrega dos prémios do X Concurso de Vinhos do Algarve 2017, que se realizou a 9 de abril, em Albufeira. A Quinta dos Vales, de Estômbar foi triplamente premiada. A enóloga residente Marta Rosa recebeu os galardões Prata (Marquês dos Vales Grace Arinto Branco 2015 e Marquês dos Vales DUO Tinto 2014) entregues por Luís Medeiros Vieira, e a medalha de Ouro (Dialog Tinto 2012), por Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal.

Categorias
Economia


Relacionado com: