TAP premeia bebé algarvio nascido no Dia da Mãe

Campanha «Abraçar Portugal» decorreu nos distritos que dão nome aos aviões da TAP Express. Os primeiros bebés nascidos no Dia da Mãe ganham viagens. Daqui por um ano, uma família algarvia voará a bordo do «Faro».

Isaac Gabriel de Sousa Ceuta foi o primeiro bebé a nascer na região algarvia, a 7 de maio, data em que se celebrou o Dia da Mãe. O menino nasceu às 0h23, na unidade de Faro do Centro Hospitalar do Algarve e, por isso, mereceu uma prenda especial da TAP, no âmbito da campanha «Abraçar Portugal» que decorreu em todo o país.

Na maternidade do hospital, ainda com o cansaço de uma noite de emoções fortes nos olhos, mas a brilharem de alegria, Diego Santos, 28 anos, e Íris Sousa, 23 anos, residentes em Quarteira, não escondiam o espanto pela prenda. «Foi uma surpresa total, não esperávamos nada disto! Está a ser um dia muito especial», sublinhou a mãe. Os pais e o bebé receberam uma encomenda personalizada, com um voucher que dará direito a uma viagem, a bordo de um dos 20 novos aviões da frota TAP Express, a realizar no dia 7 de maio de 2018. Não será numa aeronave qualquer, mas num Embraer 190 (com a matrícula CS-TPQ) batizado com o nome de «Faro». Com efeito, a 14 de março, no âmbito do 72º aniversário da companhia, a administração anunciou que os aviões da frota regional ao serviço da TAP Express, (oito ATR72 e nove Embraer 190) já em operação, bem como os novos Embraer 195 que chegarão no decorrer deste ano, serão batizados com os nomes de todos os distritos de Portugal, de Viana do Castelo a Faro, e das regiões autónomas.

Questionados sobre qual o destino que gostariam de escolher, já que estes aparelhos servem as rotas de curta distância, entre Espanha, França, Itália e Marrocos (além da ponte aérea entre Lisboa e Porto), os jovens pais elegeram o segundo, até porque ainda há pouco tempo visitaram o norte de África em família. «O Isaac foi andar de camelo, dentro da barriguinha da mãe», lembrou o pai. Daqui por um ano, «gostaríamos que fosse um destino calmo, para comemorar o primeiro ano do nosso filho em festa», acrescentou Íris Sousa.

Diego Santos, brasileiro natural de Salvador da Bahia, a viver em Portugal desde 2008, e Irís Sousa, eram colegas de trabalho, no Nosolo Itália, na Marina de Vilamoura. Conheciam-se há vários anos, mas só no último formalizaram o namoro. «Esta é uma nova etapa nas nossas vidas. Agora temos de cuidar muito bem deste pequeno e aprender tudo o que nos irá ensinar», disse o jovem pai ao «barlavento». «Estou estou muito feliz. É uma sensação incrível!». Diego assistiu ao parto do filhote e, segundo a companheira, deu uma preciosa ajuda no momento de dar à luz. «Foi ele que o pôs cá para fora», brincou Íris Sousa, sublinhando que o rebento é «o primeiro neto, primeiro bisneto e primeiro sobrinho», muito querido por toda a família.

Imprensa regional apoiou a iniciativa

Este ano, «a TAP aumentou a sua frequência de voo e as ligações a todos os aeroportos do país, procurando desta forma servir melhor todos os portugueses, e também os turistas que procuram os vários destinos de Portugal», esclareceu André de Serpa Soares, responsável pela Comunicação Corporativa e Relações com os Media da TAP. A campanha «Abraçar Portugal» surge no «seguimento do batismo dos aviões com os nomes dos distritos do país. Queremos desta forma reforçar a ideia que a TAP é a única companhia genuinamente portuguesa. Compra 1 milhão de garrafas de vinho aos produtores nacionais, por ano, paga impostos em Portugal, dá emprego a centenas de famílias, e contribui para a economia nacional de forma decisiva. E, portanto, a TAP quer reforçar esta ideia que é, de facto, a companhia de Portugal e que está cá para os portugueses», explicou o porta-voz da empresa.

Já a data, foi escolhida por ser «um dia simbólico. Estivemos em todos os distritos de Portugal para demonstrar que empresas como a TAP estão atentas ao que se passa no país, e que é fundamental o rejuvenescimento da população. Desta forma pensamos que juntamos duas coisas importantes, um incentivo à natalidade, um abraço a todas as mães e a todas as regiões do país, por igual». A ideia envolveu a publicação de pequenas reportagens na página oficial de facebook da TAP, fornecidas por vários jornais regionais de referência. No Algarve, a TAP desafiou o «barlavento» a participar e encarregou também este jornal pela entrega do «kit» ao bebé e à família. «Esta e outras iniciativas que levem a TAP a todo o país, são para continuar. Além do mais, no âmbito deste projeto nasceu também uma grande ligação à imprensa regional, que tem uma comunicação de grande proximidade com as populações. Queremos desenvolver e aprofundar este caminho, fazendo aquilo que muitas vezes é esquecido pelas grande empresas: olhar para a imprensa local como meios importantes que estão perto das pessoas, em cada região, tal como queremos também estar», concluiu André de Serpa Soares.

Categorias
Destaque


Relacionado com: