Simpósio vitivinícola estreia-se em Faro

Cultura da vinha, a produção de vinhos, a importância dos mercados em que é comercializado e a casta negra mole são os principais temas na mesa de trabalhos.

A primeira edição do Simpósio Vitivinícola do Algarve debaterá três grandes temas na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, em Faro, na próxima quinta-feira, 11 de maio, a partir das 9 horas.

Numa altura em que já muito se refletiu sobre a produção de vinhos, sobre a vinha e a promoção deste produto nos mercados nacionais e internacionais, a organização do evento entende que ainda é preciso dar espaço à partilha de experiências e informações.

Em declarações ao «barlavento», Carlos Garcias, presidente da direção da Comissão Vitivinícola do Algarve (CVA), explicou que a iniciativa «é de extrema importância, uma vez que os vinhos estão a ter relevância na região», por isso, «impunha-se fazer um simpósio para debater assuntos, quer ligados à viticultura, quer à enologia, quer aos mercados».

O simpósio terá a forma de um tríptico temático, com os paineis «Viticultura», a partir das 11h00, «Enologia», às 14h30, e «Promoção e mercados», às 16h00, sempre seguidos de um debate.

Cada um contará com «oradores com um percurso» demarcado no sector, sendo que «todos são intervenientes de nível nacional». É o caso, por exemplo, de Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, que a partir das 16h30, falará sobre «O mercado global de Vinhos».

«Temos também muitos técnicos, como do Instituto da Vinha e do Vinho, que abordará temas ligados ao vinho e à viticultura, mas também dos apoios», afirmou Carlos Garcias.

Durante a manhã, no âmbito do primeiro painel, será apresentado o projeto SIAC-Qualificação «Algarve Wines & Spirits», por Sónia Rodrigues da CVA.

«A tecnologia ao dispor da viticultura – A sua aplicação no Morgado do Reguengo» será apresentado pelo engenheiro da Agrosustentável Pedro Tereso, enquanto o enólogo António Maçanita falará sobre os fatores de sucesso da viticultura no Algarve.

«Coleção Ampelográfica do CEAT – preservação, caracterização e Estudo – Castas de Vinho e de Mesa» será outros dos temas, apresentado pelos engenheiros Armindo Rosa e João Costa da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve.

Um dos pontos altos do painel da manhã será a importância do melhoramento e preservação da casta Negra Mole pelo professor Antero Martins do Instituto Superior de Agronomia (Provid), às 11h30.

«Estamos muito interessados em recuperar a negra mole, tanto o assunto como a própria casta e os vinhos desta casta, que é a mais típica do Algarve», assegurou Carlos Garcias. Aliás, esta é única região onde é possível encontrar esta casta. «Os vinhos que utilizam esta casta permitem garantir que são oriundos da região e não são produzidos em qualquer outro local do mundo. Em termos de comunicação e diferenciação da região é importantíssimo termos algo que é só nosso», afirmou ainda o presidente da CVA.

Por outro lado, a casta negra mole tem um coeficiente de variabilidade genética de 38, numa escala de 40. «Só há uma casta portuguesa mais antiga ou que é possível dizer que tem maior antiguidade do que esta», acrescentou.

E, segundo este responsável da CVA, cada vez mais há produtores que se começam a aperceber que pode haver, com a utilização desta casta, um mercado diferenciador que pode ser aproveitado.

«Isto não significa que agora começam todos a produzir vinhos negra mole, mas os produtores que já estão instalados e que têm vinhos no mercado de gamas aceitáveis e reconhecidas podem recorrer a esta casta», para complementar a oferta, tendo uma pequena área de vinha desta casta que «permita uma produção reduzida, mas que valorize», explicou.

Haverá mais apresentações durante o dia, como a apresentação do «Perfil sensorial dos vinhos» por Manuel Lima, engenheiro do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, ou «Ferramentas e estratégias enológicas de biotecnologia para zonas quentes» por Fernando Pedrosa, engenheiro da empresa Proenol.

Ainda na ordem do dia, estará em debate a «Proteção de marcas e denominações de origem», por Luís Sommer Ribeiro, da Gastão Ferreira e Costa Advogados, e o «Mapa Interativo dos Vinhos do Algarve», pelo arquiteto Artturo Gonçalves da PlotBiz. A intenção da CVA é encher o auditório da EHTA, já tendo no início desta semana cerca de 50 inscritos.

A participação é livre, mas sujeita a inscrição obrigatória aqui.

A organização disponibiliza o contacto 282 341 393 para mais informações.

Entrega de Prémios do Concurso de Vinhos encerra evento

O Simpósio terminará, às 17h30, com a entrega dos prémios do X Concurso de Vinhos do Algarve 2017, que se realizou a 9 de abril, em Albufeira. Todos estes nectáres vão poder ser degustados durante um menu de aplicação, que decorrerá ao almoço, às 13h00, nos claustros da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, em Faro, no dia do simpósio.

Grande Medalha de Ouro «Melhor Vinho do Algarve»

• Quinta do Barradas Reserva Tinto 2014 (Vinho Regional Algarve) Rotas Seculares – Unipessoal, Lda (Silves)

Medalha de OURO

• Al-Ria Reserva Tinto 2015 (Vinho Regional Algarve) Casa Santos Lima, Companhia das Vinhas, S.A. (Tavira)

• Dialog Tinto 2012 (Vinho Regional Algarve) Quinta dos Vales, Lda. (Lagoa)

• Foral de Portimão Reserva Tinto 2014 (Vinho Regional Algarve) A.A.C., Lda. (Portimão)

• Herdade dos Seromenhos Reserva Tinto 2015 (Vinho Regional Algarve) Soc. Agr. Herdade dos Seromenhos, Lda. (Lagos)

• Onda Nova Syrah Tinto 2013 (Vinho Regional Algarve) Adega do Cantor – Sociedade de Vitivinicultura, Lda. (Albufeira)

• Quinta do Barradas Selecção Tinto 2015 (Vinho Regional Algarve) Rotas Seculares – Unipessoal, Lda. (Silves)

Medalha de PRATA

• Al-Ria Rosé 2016 (Vinho Regional Algarve) Casa Santo Lima, Companhia das Vinhas, S.A. (Tavira)

• Quinta da Tôr – Algibre Tinto 2014 (Vinho Regional Algarve) Turinox, Lda. (Loulé)

• Borges da Silva Tinto 2014 (Vinho Regional Algarve) Luís Carlos Borges da Silva (Lagos)

• Cabrita Tinto 2015 (Vinho Regional Algarve) José Manuel Cabrita (Silves)

• Convento do Paraíso Cabernet Sauvignon Tinto 2014 (Vinho Regional Algarve) Convento do Paraíso, Lda. (Silves)

• Edd´s Private Collection Reserva Tinto 2014 (Vinho Regional Algarve) Concepts by Edd’s II, Lda. (Lagoa)

• Euphoria Tinto 2014 (Vinho Regional Algarve) Convento do Paraíso, Lda. (Silves)

• Foral de Portimão Rosé 2016 (Vinho Regional Algarve) A.A.C., Lda. (Portimão)

• Helwigus Tinto 2015 (Vinho Regional Algarve) Helwig C. Ehlers (Faro)

• Herdade dos Pimenteis Tinto 2013 Reserva (Vinho Regional Algarve) Herdade dos Pimenteis, Lda. (Portimão)

• Jaap Rosé 2016 (Vinho Regional Algarve) Jacobus Honekamp (Silves)

• Lacóbriga Branco 2016 (Vinho Regional Algarve) Soc. Agr. Herdade dos Seromenhos, Lda. (Lagos)

Medalha de PRATA (Cont.)

• Malaca Rosé 2016 (Vinho Regional Algarve) Soc. Agr. Quinta da Malaca, S.A. (Silves)

• Marquês dos Vales Grace Arinto Branco 2015 (Vinho Regional Algarve) Quinta dos Vales, Lda. (Lagoa)

• Marquês dos Vales DUO Tinto 2014 (Vinho Regional Algarve) Quinta dos Vales, Lda. (Lagoa)

• Odelouca Branco 2016 (Vinho Regional Algarve) Patrick Agostini (Silves)

• Onda Nova Viognier Branco 2014 (Vinho Regional Algarve) Adega do Cantor – Sociedade de Vitivinicultura, Lda. (Albufeira)

• Quinta da Penina Reserva Tinto 2014 (Vinho Regional Algarve) A.A.C., Lda. (Portimão)

• Quinta de Ferrel Reserva Branco 2016 (DOP Lagos) Soc. Agr. Herdade dos Seromenhos, Lda. (Lagos)

• Quinta do Francês Branco 2016 (Vinho Regional Algarve) Patrick Agostini (Silves)

Categorias
Destaque


Relacionado com: