Produtor que trouxe os Roxy Music a Faro em 1982 monta empresa na capital algarvia

Foi um daqueles eventos que ganham o estatuto de lenda.  A 21 de agosto de 1982, a mítica banda Roxy Music, liderada por Bryan Ferry (voz e teclados) atuou no Estádio de São Luís em Faro, num concerto que também contou com os King Crimson e os portugueses Heróis do Mar, na primeira parte.

«Na altura, foi engraçado porque eu tinha uma casa de férias em Armação de Pêra, que serviu de quartel-general para montar todo o evento», recordou José Abel Cruz, manager e produtor com longa experiência no mundo da música.

Desde há três anos que a preparar a mudança para Faro, onde acaba de instalar a «Sons da Frente», uma nova empresa que ambiciona trazer à cidade e à região «dinâmica em termos de descentralização de concertos, eventos e programação cultural de impacto nacional».

«Sempre tive uma ligação forte ao Algarve, pois os meus avós eram de Alte», explicou ao «barlavento» no novo escritório, num segundo andar da Rua da Trindade.

Para já, estão em marcha dois projetos diferentes. Não são festivais de música, no sentido mais tradicional, mas prometem trazer a Faro nomes de referência da música nacional em diversos estilos, do pop ao jazz, passando pelo rock e o fado, sem esquecer o soul e o hip hop. O primeiro está pensado para acontecer logo após a Semana Académica da Universidade do Algarve (em maio), e o segundo, para novembro. «Não posso adiantar muito, mas terá uma filosofia indoor, em vários e diferentes espaços».

José Abel Cruz já trabalhou com nomes como Pop Dell’Arte, Ena Pá 2000, Paco de Lucía, Seal, Maria Bethânia, entre muitos outros. Passou também por Marselha, onde foi responsável pela programação do Centro Cultural Espace Julien, durante quase uma década.

Categorias
Destaque


Relacionado com: