«Next.mov» abre hoje com programa futurista

Evento abre com a assinatura de um protocolo com o governo para a colocação de dois sistemas de carregamento para carros elétricos, em cada um dos 16 municípios algarvios até ao final do ano.

Dar a conhecer à sociedade civil, às empresas e às entidades oficiais algumas das melhores soluções de mobilidade do futuro, compatíveis com os planos para tornar o Algarve numa «smart region» até 2020, é o grande objetivo «Next.mov», entre hoje, dia 18 de maio, e amanhã no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

«Pôr o Algarve no mapa como uma região preocupada com a sustentabilidade da sua mobilidade, apostando nos próximos anos na incorporação de tecnologias e soluções inovadoras é o contributo que queremos dar com este evento para a região e para o país», explicou Jorge Botelho ao «barlavento», presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), entidade responsável pela organização do evento.

Uma das grandes novidades logo no primeiro dia de conferências é a assinatura de um protocolo com o governo para a a colocação de dois sistemas de carregamento para automóveis elétricos, em cada um dos 16 municípios algarvios, até ao final de 2017.

«Vamos assinar um protocolo no âmbito do Mobi-e, uma agência responsável pela colocação destes equipamentos de carregamento elétrico rápido para carros, para que o Algarve possa ter, finalmente, um sistema regional de mobilidade elétrica disponível», adiantou Jorge Botelho.

De acordo com Miguel Freitas, primeiro secretário da AMAL, o evento «Next.mov Smart Region Summit» surge como «o impulso» que a «a região precisa para começar a mudar».

Para este evento «pioneiro no país» esperam-se cerca de 2000 participantes diários, espalhados pelas diferentes iniciativas a desenvolver nas zonas de debate e exposição, numa área igual a dois campos de futebol, e no qual participam 60 expositores. Haverá espaço para conferências e um showroom. Para esta primeira edição estão confirmados 25 oradores oriundos de quatro continentes. Todos aceitaram «participar no evento de forma gratuita, pagando do seu próprio bolso».

«Trazemos um painel importante de gente que se dedica a pensar a história da mobilidade em benefício dos cidadãos», realça Botelho. Por exemplo, «Elvis Leonardo Cezar é prefeito na região metropolitana de São Paulo. Vem partilhar connosco o trabalho realizado no âmbito das cidades inteligentes. Sorensen foi quem instalou o sistema da bilhética integrada na Dinamarca, Brian Riordan é o homem da Strava e da concentração de dados (big data). Stussi foi presidente da associação mundial de mobilidade elétrica. Temos nomes muito sonantes e com muita experiência», evidenciou Miguel Freitas.

A iniciativa que quer ter um cariz «nacional e internacional» deverá replicar- -se, crescer e passar a constituir uma marca: «smart region summit», registada no Algarve pela AMAL. Mais do que «cidades inteligentes» a AMAL quer criar toda uma «região inteligente». «Queremos soluções comuns para uma região integrada. Para isso estamos a preparar uma resposta igual para os 16 municípios, quer em gestão de ocorrências, de eventos, reengenharia de processos e/ou desmaterialização. Queremos harmonizar um sistema inteligente para que todos os cidadãos possam ter acesso ao mesmo tipo de respostas» até 2020.

Espaços de partilha de conhecimento

O showroom estará subdividido em cinco espaços: a «Next.mov – Smart Region Summit» que mostrará o que existe atualmente no Algarve em termos de sistemas inteligentes; o espaço «Cycling&Walking», programa ao qual estão destinados 13,2 milhões de euros para investir em vias cicláveis e pedonais; o «Mobi.show» onde se pretende promover a mobilidade elétrica e para o efeito estarão presentes «10 marcas confirmadas como a Tesla, BWM, Renault, Volkswagen, Hyundai, KIA, ou a Piaggio para exposição e test-drives»; o espaço «Start-Up» para promoção de novas soluções de sistemas inteligentes de transformação digital e mobilidade; e por último o espaço «Universidade», onde a Universidade do Algarve «irá apostar na divulgação da componente de robótica e o ISMAT irá apresentar cinco soluções de mobilidade que está a desenvolver em parceria com o município de Lagoa». O espaço de debate onde decorrerão as conferências está dividido em três painéis diários: um às 9h30, 11h30 e o último às 16h30, dedicados aos temas da mobilidade, transporte público e transformação digital. Enquanto o showroom é de livre acesso, para assistir aos debates e garantir que consegue um dos 600 lugares disponíveis na sala de conferências aconselha-se fortemente a inscrição prévia. Programa completo aqui.

Categorias
Destaque


Relacionado com: